Últimas indefectivações

sábado, 26 de outubro de 2019

A substituição mais difícil

"Dificilmente poderia ser dada a Bruno Lage uma notícia pior do que a lesão de Rafa, que irá estar ausente da competição por um período que pode atingir os quatro meses. É o jogador mais desequilibrador do plantel do Benfica, como mostram os 25 dribles bem-sucedidos que já soma na Liga, um registo do qual nenhum outro futebolista se aproxima. Na equipa encarnada, os segundos classificados do ranking de dribles (Taarabt e Grimaldo) somam... dez.
Por ironia do destino, esta grave lesão aconteceu no jogo em que Rafa foi colocado numa posição central, de apoio ao ponta-de-lança, onde rendeu muito enquanto durou. Tendo em conta os problemas que o Benfica tem mostrado para encontrar uma resposta eficiente no ataque, a aposta no camisola 27 poderia ser uma solução interessante, mas que agora não poderá ter continuidade.
É mais um desafio para Lage, que vê pela terceira vez esta época um titular indiscutível forçado a paragem prolongada, depois de Florentino e Gabriel. O técnico tem ao seu dispor um plantel vasto e de qualidade, mas será obrigado a arranjar soluções para fazer esquecer o jogador mais difícil de substituir. É também para isso que lá está. E até agora não se pode dizer que tenha corrido muito mal ao Benfica."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!