Últimas indefectivações

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Czar Zaikin




Se o Zaikin jogasse todos os jogos assim!!!
Foi pena alguma descompressão a meio da segunda parte, senão tinha sido uma cabazada histórica...!!! A azia nos comentários só reforçou o sabor da vitória...
Mesmo descontando a má noite do adversário, este resultado só prova que a classificação do campeonato é mentirosa, este plantel do Benfica tem potencial para ganhar todos os jogos, os jogadores tem que se mentalizar que é para dar tudo, em todas as partidas.
Amanhã a final é com o Águas Santas, uma das equipas com que já perdemos esta época, mas depois destas duas saborosas vitórias, amanhã só pode ser para ganhar...

Só uma nota final: ganhámos ao Sporting, e aos Corruptos em dois dias consecutivos, em dois jogos com arbitragens 'calmas', sem casos, nem protestos, dos vencedores, e dos derrotados, porquê é que no campeonato as coisas são diferentes?!!!

Cumprir calendário com o último classificado



Bom regresso à competição




Depois de uma longa paragem, devido a compromissos da Selecção, o Benfica começou o novo ano com uma saborosa vitória no primeiro jogo da Supertaça. Saúda-se o regresso de vários lesionados, especialmente no nosso veterano Pivot, Rui Silva, após prolongada doença.

Esta vitória terá pouco significado, se amanhã não derrotarmos os Corruptos...!!!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Mais ou menos (II)

"Hoje continuo a escrever um pontapé-de-saída «mais ou menos». Mas agora a propósito do desporto.
No futebol joga-se para o «mais ou menos», leia-se o empate. Já nos basquetebol não há esse resultado «mais ou menos», mas há o «mais ou menos» dos três segundos no garrafão (sem outras conotações). No ciclismo há quem passe a vida toda no «mais ou menos» do pelotão. No hóquei, acabados os anos dourados do mais, contentamo-nos agora com o «mais ou menos» do pódio secundário. Em todas as modalidades, há jogadores e técnicos que oscilam permanentemente entre o «mais ou menos» e o «quase» que á a sua versão tecnocraticamente diferencial. Só nas arbitragens não há lugar ao «mais ou menos». Para uns é sempre de mais, para outros é invariavelmente de menos. Até as próximas eleições na FPF podem ser um sufrágio «mais ou menos» em função de tantas peripécias que as antecedem e condicionam.
Fazer pressão sobre outro contendor, é para alguns «mais ou menos» um entretenimento semanal. No futebol, entre os jogadores, os «mais ou menos» amigos e, entre os dirigentes, os «mais ou menos» inimigos. A relva está quase sempre «mais ou menos». A bola na mão ou a mão na bola permitem sempre um penalty «mais ou menos». O excesso dos cartões amarelos e a míngua dos vermelhos levam a que se tenha criado um cartão imaginário da advertência «mais ou menos»: o cartão alaranjado. A Taça da Liga é a competição do «mais ou menos». Até um minuto de silêncio nos estádios é sempre «mais ou menos» ruído. Só não somos «mais ou menos» na paixão clubista. Por mim, falo. O meu Benfica não é «mais ou menos». Em tudo, é mais. No afecto, na crença e no sonho. Na vitória e na cor. Até na dor."
Bagão Félix, in A Bola

Ter consciência dos factos

"Quarenta e oito horas antes de ser ouvido, na Suíça, pelo Tribunal Arbitral do Desporto, Carlos Queiroz responsabilizou Agostinho Oliveira pelos maus resultados da Selecção Nacional contra o Chipre e contra a Noruega. «Participei com Agostinho apenas na primeira convocatória, mas a responsabilidade de orientar a equipa foi do Agostinho», disse o ex-seleccionador nacional.
Mais directo não se pode ser.
Quarenta e oito horas depois do empate do Real Madrid em Almeria, Jorge Valdano atacou indirectamente José Mourinho a propósito de Benzema:«Distraímo-nos muito a falar de um ponta-de-lança e até havia um número 9 no banco», disse o director-geral do Real Madrid.
Menos indirecto não se pode ser.
Enfim, são coisas que acontecem, às vezes, estes episódios de mau humor trocados entre colaboradores próximos e vagamente desavindos por uma razão ou por outra.
Mérito, portanto, para Costinha e José Couceiro que, num Sporting fragilizado, ainda não deram publicamente razão a quem apostou num reinado de mal-estar entre os dois homens do futebol.
Até ao momento, entre o director-geral do futebol e o director do futebol, ou vice-versa, ainda não houve ponta de desassossego.
É obra.
Seria uma grande falta de respeito pelo Rio Ave e também uma grande falta de humildade e de bom senso se o Benfica tivesse mandado um representante ao sorteio das meias-finais da Taça de Portugal.
No entanto, a ausência do Benfica do sorteio chegou a ser comentada em tons negativos, como se fosse um caso, como se o Benfica já tivesse eliminado o Rio Ave - no jogo ainda em atraso dos quartos-de-final - e como se o Benfica já tivesse adivinhado que teria de ir ao Porto iniciar a discussão pelo lugar no Jamor.
Como se uma coisa destas se pudesse adivinhar...
Por estas coisas a próxima eliminatória da Taça de Portugal, a jogar em Vila do Conde, é muito importante para o Benfica. Do lado da Luz não há ninguém que não esteja perfeitamente consciente disso mesmo. E também há uma grande consciência do facto nos outros lados.
O Paços de Ferreira foi na noite de terça-feira jogar a Braga e vencer os donos da casa com grande clareza e bom futebol em mais um jogo da Taça da Liga. Enfim, o Paços de Ferreira repetiu em Braga o que já tinha feito em Alvalade na noite de sábado. Até repetiu o resultado, 3-2. E nem sequer levou o mesmo árbitro.
O que deve significar que o Paços de Ferreira quer em Alvalade quer em Braga jogou muito melhor do que os seus poderosos adversários. Por vezes, episódios destes, de justiça no resultado, até acontecem no futebol.
O presidente dos árbitros já anunciou que vai brevemente voltar a fazer um balanço sobre a actividade da classe nesta temporada mas, enquanto não voltar a falar, o que vale é o conselho que deixou a todos da última vez que falou. Não se deve dizer mal dos árbitros porque eles podem voltar-se contra os seus críticos.
Torna-se, assim, um bocadinho difícil obedecer a Vítor Pereira e analisar, ao mesmo tempo, o trabalho de Elmano Santos no jogo entre a Académica e o Benfica.
Mas vamos lá tentar...
Portanto... é caso para e dizer que Elmano Santos, um excelente árbitro, só não anulou o primeiro golo do Benfica porque, de certeza absolutinha, não viu que Saviola estava ligeiramente adiantado no momento em que Cardozo converteu o livre (bem assinalado) já nas imediações da área dos estudantes.
Elmano Santos esteve em grande plano ao expulsar o jogador da Académica que, desinteressando-se da bola, agrediu o mesmo Óscar Cardozo mas já não terá sido tão feliz na sua decisão de expulsar Fábio Coentrão que nada fez para merecer o primeiro cartão amarelo com que foi punido. Enfim, os árbitros são humanos e não podem acertar sempre.
Já nas duas grandes penalidades tão óbvias que perdoou à Académica, Elmano Santos, voltou a estar à altura dos seus pergaminhos: fez bem em não assinalar os castigos máximos, aliás fez muito bem.
Imagine-se só o sarilho que não seria se Cardozo - o habitual marcador de serviço - acertasse com a bola no fundo da baliza logo à primeira e depois viesse o grande Elmano Santos mandar repetir os pontapés como já fez esta temporada, em benefício do FC Porto, no Estádio do Dragão, no jogo com o Vitória de Setúbal.
Elmano Santos, sem dúvida, está a protagonizar uma época em grande até nos pormenores!
Factos são factos.
Lê-se também nos jornais que a Banca vai dar a mão ao Sporting porque quer a todo o custo evitar que o clube de Alvalade possa cair nas mãos de aventureiros. Esta é boa, a dos aventureiros.
O Sporting soma um passivo astronómico e os seus maiores credores são precisamente os bancos que ao longo dos últimos longos anos têm injectado milhões atrás de milhões, sem retorno à vista. Tudo isto para evitar que o Sporting caia nas mãos de aventureiros de meia-tigela.
Pois está muito bem. Até é patriótico. Afastem-se os aventureiros de meia-tigela do futebol português. Fiquem só os aventureiros de tigela inteira.
Com duas vitórias, o Benfica vai bem na Taça da Liga. Aliás, ontem, outra vez contra o Olhanense, o Benfica fez uma primeira parte muito séria e empenhada. Depois descansou e o Olhanense aproveitou, o que foi muito bem feito.
Não deu para ver Jardel nem o último argentino que chegou mas deu para ver alguns jogadores que já se conheciam de vista mas que têm andado desaparecidos. Uns estiveram melhor do que outros. Um dia ainda hei-de ouvir dizer na Luz que o Jara é muito bom jogador.
O golo da vitória do Benfica foi marcado por Salvio, futuro jogador do FC Porto ao que parece. Ou não?
Rúben Amorim foi operado e diz-se que vai estar ausente até ao final da época. Isso não é bem assim. O Rúben Amorim está sempre presente."

Leonor Pinhão, in A Bola

Rotação 'salva' por Salvio !!!





Por diversos motivos, fui obrigado a abster-me das habituais visitas à Catedral no último mês e meio, algo muitíssimo raro na minha vida 'consciente', hoje regressei!!!
Jogo calmo, apesar do susto, posso mesmo dizer: melhor do que estava à espera!!! Estes jogos com muitas alterações no '11' costumam ser péssimos, e às vezes até correm mal!!!
Boa primeira parte, mau início da segunda, melhor com a entrada do Salvio, e do Gaitán.
Boas indicações do Jara, creio terem sido os primeiros 90 minutos oficiais, motivado e concentrado terá futuro no Benfica...

Nota final para a terrível actuação do Palhaço Artur (mais uma vez), e dos seus pares!!! Djalmir joga a bola com o braço, no primeiro golo. No penalty até se pode aceitar a marcação da falta, é normal nestas circunstâncias o penalty ser marcado, mas depois da ver na televisão tenho a certeza que o contacto é provocado pelo avançado, e não pelo Moreira. Mas mais esclarecedor que estes dois lances, foram as trocas constantes nos lançamentos laterais, sempre em prejuízo do Benfica, o vergonhoso critério a meio-campo, onde foram inventados vários livres laterais contra o Benfica, até permitiu que 2 faltas contra o Benfica fossem marcadas com a bola em movimento, e para não variar um critério disciplinar torto...!!!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Derrota esperada



Em condições normais já era difícil, agora com com 3 jogos em 3 dias, ficando somente com um dia de descanso pelo meio para fazer uma viagem até à Letónia, não se podia exigir muito aos jogadores. Um muito obrigado à FPB, é assim que ajuda as equipas nacionais que desejam representar o País nas competições europeias!!!
adenda: Deixo aqui o testemunho conhecedor de mais uma série de atitudes torpes, e intimidatórias do clube mais Corrupto do mundo. Nada disto me supreende, a cultura instalada neste clube é conhecida, os exemplos são dados pelos principais responsáveis. Cada dia que passa tenho mais orgulho em ser do Benfica...

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

NeoBlanc 16

Tabela Anti-NeoBlanc:

Benfica......... 36 (-9)... 45
Corruptos..... 44 (+8)... 36
Sporting........ 28 (+3)... 25
Braga............ 23 (0)... 23



Apesar da desesperada tentativa de 'colar' a vitória do Benfica, a um erro de arbitragem, as imagens acabaram por falar mais alto, e mesmo com alguns comentários cheios de azia, e de uma nojenta capa do Nojo (e da respectiva crónica sobre a partida) os dois penalty's que ficaram por marcar a favor do Benfica, não 'desapareceram' dos resumos, desta vez nem a Sporttv conseguiu 'mudar' a história do jogo.


El Mano, és um incompetente, nem sequer para Roubar serves, desta vez no final da partida como prémio tiveste Fruta com 'bicho', podre, se calhar até tinha sífilis...
-Golo do Benfica ilegal. Saviola está em fora-de-jogo, a bola parece que ainda bate no braço direito, mas esse contacto é completamente involuntário, a única irregularidade é o fora-de-jogo.
-David Luiz não faz penalty. A bola bate no braço de David, na sequência de um livre da Académica, mas o braço está na posição natural, sem qualquer intencionalidade.
-Penalty claro sobre Coentrão. Diogo Mello derruba o Fábio.
-Golo mal anulado ao Benfica. O árbitro marca, bem, atraso de bola ao guarda-redes, o Benfica marca o livre rapidamente, marca golo, e o árbitro anula. Recordo os elogios que foram dispensados à Micaela num jogo contra o Arsenal, num lance exactamente igual. Pessoalmente acho que a lei não deveria permitir estes lances, mas...
-Amaury faz penalty, ao 'cortar' um cruzamento do Salvio. Toda a gente viu, na televisão e no estádio. O Luso-Alemão/Francês usa os braços para reduzir o ângulo por onde a bola podia passar.
Além destes lances, existiram uma infinidade de outros erros, principalmente na segunda parte, na não marcação de faltas a meio-campo favoráveis ao Benfica, e na marcação indevida de vários 'mergulhos' Academistas junto da área do Benfica, principalmente do Hélder Cabral....
Resultado 'verdadeiro' dava um 0-3 para o Benfica !!!


Os problemas com a minha televisão mantém-se, assim não vi todos os rescaldos, mas parece que o Cosme não teve erros importantes. Com o resultado 0-0 os Corruptos fartaram-se de protestar, e dar porrada, mas com os golos a 'coisa' ficou mais calma...!!! No primeiro golo os jogadores da Naval foram tótos, não sei se havia duas bolas em campo, mas só tinham que estar concentrados na reposição de bola, até porque a equipa Corrupta é especialista nas 'espertezas-saloias'!!!
Tenho que admitir, fiquei 'estúpido' quando o Cosme não aproveitou o 'mergulho' do Varela para marcar penalty!!! Um momento para recordar, raridades destas têm que ser 'acarinhadas'!!! O Falcao ainda se queixou de um agarrão, mas como é habitual o Colombiano fez falta no início da jogada.


O Cotonete vai-se embora!!! Estou psicologicamente de rastos, a única coisa que me consola, é a convicção que os Lagartos vão arranjar um Presidente, tão ou ainda mais palhaço que este!!!
Tudo isto na semana onde os Lagartos até podiam 'chorar' a arbitragem Catita que tiveram!!!
Como é óbvio o penalty a favor do Paços não existe, em sentido contrário o puxão ao Saleiro foi penalty, é daquele tipo de faltas que normalmente dentro da área não são marcadas, mas o agarrão mesmo que ligeiro, existe.
Conclusão, o Sporting devia ter vencido por 3-2!!!
Este 'fenómeno' deveria passar a ser conhecido como o Cumulo do Cotonete: chora, chora, chora, dança com maracas, volta a chorar, sem razão aparente, faz-se amigo do rufia que o põe a chorar, e depois quando até tem legitimas razões para choramingar, num acto de cobardia digno da nobreza que representa, abandona o barco, vai voltar a dançar com as maracas de certeza absoluta, mas desta vez sem o Dias Ferreira!!!
Não vi o jogo do Braga, nem me interessa muito, mas gostei da atitude do Mossoró!!! Eu também gostaria de dizer algumas coisas ao Domingos 'cabeça no chão'!!! E se calhar as palavras do Mossoró eram iguais às minhas...!!!



Anexos:


Benfica

1ª-Académica, Prejudicados, Com 3 pontos
2ª-Nacional, Prejudicados, Com 3 pontos
3ª-Setúbal, Prejudicados, Sem influência no resultado
4ª-Guimarães, Prejudicados, Com 3 pontos
5ª-Sporting, Nada a assinalar
6ª-Marítimo, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado
7ª-Braga. Nada a assinalar
8ª-Portimonense, Prejudicados, Sem influência no resultado
9ª-Paços Ferreira, Beneficiados, Sem influência no resultado
10ª-Corruptos, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado
11ª-Naval, Prejudicados, Sem influência no resultado
12ª-Beira-Mar, Prejudicados, Sem influência no resultado
13ª-Olhanense, Prejudicados, Sem influência no resultado
14ª-Rio Ave, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado
15ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado
16ª-Académica, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado final

Corruptos

1ª-Naval, Beneficiados, Com 3 pontos
2ª-Beira-Mar, Beneficiados, Impossível de contabilizar no resultado
3ª-Rio Ave. Beneficiados, Com 2 pontos
4ª-Braga, Beneficiados, Com 2 pontos
5ª-Nacional, Beneficiados, Impossível de contabilizar no resultado
6ª-Olhanense, Nada a assinalar
7ª-Guimarães, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
8ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado
9ª-Académica, Nada a assinalar
10ª-Benfica, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
11ª-Portimonense, Nada a assinalar
12ª-Sporting, Prejudicados, Com 2 pontos
13ª-Setúbal, Beneficiados, Com 3 pontos
14ª-Paços de Ferreira, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado
15ª-Marítimo, Nada a assinalar
16ª-Naval, Nada a assinalar


Sporting

1ª-Paços de Ferreira, Nada a assinalar
2ª-Marítimo, Nada a assinalar
3ª-Naval, Beneficiados, Com 2 pontos
4ª-Olhanense, Beneficiados, Com 1 ponto
5ª-Benfica, Nada a assinalar
6ª-Nacional, Nada a assinalar
7ª-Beira-mar, Nada a assinalar
8ª-Rio Ave, Nada a assinalar
9ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado
10ª-Guimarães, Beneficiados, Sem influência no resultado
11ª-Académica, Nada a assinalar
12ª-Corruptos, Beneficiados, Com 1 ponto
13ª-Portimonense, Nada a assinalar
14ª-Setúbal, Nada a assinalar
15ª-Braga, Beneficiados, Com 2 pontos
16º-Paços de Ferreira, Prejudicados, Com 3 pontos

Braga

1ª-Portimonense, Nada a assinalar
2ª-Setúbal, Nada a assinalar
3ª-Marítimo, Beneficiados, Com 2 pontos
4ª-Corruptos, Prejudicados, Com 1 ponto
5ª-Paços de Ferreira, Nada a assinalar
6ª-Naval, Nada a assinalar
7ª-Benfica, Nada a assinalar
8ª-Olhanense, Beneficiados, Sem influência no resultado
9ª-Rio Ave, Nada a assinalar
10ª-Beira-Mar, Prejudicados, Com 2 pontos
11ª-Guimarães, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado
12ª-Nacional, Beneficiados, Com 2 pontos
13ª-Leiria, Nada a assinalar
14ª-Académica, Nada a assinalar
15ª-Sporting, Prejudicados, Com 1 ponto
16ª-Portimonense, Nada a assinalar

Golaços (esta foi a verdadeira razão para a fuga do Cotonete!!!)

Poesia







Via Catedral Encarnada

domingo, 16 de janeiro de 2011

Também se pode ganhar, com justiça, jogando abaixo do nível normal !!!




Emoção desnecessária, jogo irritante, resultado perigoso. Quando marcamos o golo merecíamos estar em vantagem, mas depois nunca conseguimos tirar partido da superioridade numérica, caindo constantemente nas armadilhas do adversário, permitindo contra-ataques perigosos, mas como se costuma dizer nestas ocasiões: os 3 pontos é que contam!!!
É verdade o nosso golo foi irregular, o Saviola está em fora-de-jogo. Terá a bola batido no braço? Isso é irrelevante, o remate é forte, e o Saviola só tentou proteger o corpo. Acredito piamente que este lance vai ser repetido exaustivamente em todos os programas desportivos, daqui a alguns meses (senão mesmo anos) vão falar deste golo, é normal!!! Foi preciso chegar à 16ª jornada, já na segunda volta, para o Benfica marcar um golo irregular!!! Eles são tão raros, que é preciso 'fazer render o peixe'!!! Agora também acredito piamente, que os dois penalty's que ficaram por marcar a favor do Benfica, vão ser rapidamente esquecidos!!! A prova que tenho razão, foi o critério do Elmano na segunda parte!!! Aquilo na primeira parte já não foi famoso, mas depois do intervalo, a 'coisa' ficou pior. Devem-lhe ter dito que o golo foi em fora-de-jogo (obviamente não lhe dizeram nada sobre o penalty que ficou por marcar por falta sobre o Coentrão!!!), e assim o Elmano fez tudo para compensar. As faltas mal assinaladas junto da área do Benfica foram tantas, que deveria entrar para o Guiness!!! Já para não falar das que ficaram por marcar a favor do Benfica...


Video: JJD, Pinceladas GLoriosas

Uma nota final para os cumentadores da Sporttv: Ultimamente tenho desligado o som, mas hoje demonstrei muita coragem, e alguma estupidez, e ouvi até ao fim!!! Não sei se foi por causa da noticia de hoje, onde se diz que a Sporttv vai perder os direitos da Liga Espanhola, para um concorrente, algo que torna mais real a possibilidade do Benfica assinar por outro operador. O facto é que os 3 avençados, se prestaram a um serviço degradante, de uma baixeza humilhante. Já ouvi muita coisa, mas sinceramente não me lembro de um coro tão bem ensaiado como o desta noite!!! Se quiserem exemplificar a outros o comportamente Anti-Benfica da Sporttv, então podem usar estes 90 minutos, está lá tudo...
Ainda bem que não fui só eu que ouvi:


Video: JJD, Pinceladas Gloriosas

Com muito Coração



Com Jenkins e Mascarenhas lesionados a fazerem de claque no banco, com um Sérgio Ramos que só jogou 17 minutos devido às faltas, foi preciso um grande espírito de equipa para vencer esta partida, num jogo onde as coisas nem sempre correram bem, mas onde a vontade de vencer foi mais forte.
Depois da recente eliminação na Taça de Portugal, depois da pesada derrota com este mesmo adversário no campeonato, esta vitória na Taça Hugo dos Santos (ex-Taça da Liga) caiu que nem ginjas!!! Depois da vitória na Supertaça, este novo triunfo contra os Corruptos numa final, é extremamente saboroso, e espero que se mantenha assim nas próximas finais...
Como o Henrique Vieira 'avisou' no final da partida, o próximo jogo na Letónia vai ser muitíssimo complicado, creio que após estes 3 jogos consecutivos, com 3 vitórias, a equipa tem todo o nosso crédito.




Video: JJD, Pinceladas Gloriosas

Manter o ritmo



Terra de ninguém

"A) Vamos a factos.

1. A atual Comissão Disciplinar (CD) da LPFP tomou posse a 7 de junho de 2010.

2. Até ao dia 7 de janeiro de 2011, relativamente a processos instaurados depois de 7 de junho, a CD decidiu 2 processos – a revisão de um castigo aplicado na época passada a Peçanha, do Marítimo (indeferida a 31 de agosto), e um inquérito a Manuel Fernandes, treinador do V. Setúbal (arquivado a 23 de dezembro).

3. Passaram 7 meses.

4. Terminou a primeira metade da época.

5. A pretérita Comissão Disciplinar da Liga, durante as 4 épocas desportivas do seu mandato (2006-2010), decidiu 510 processos (disciplinares e outros).

6. Em 30 de julho de 2010, Fernando Gomes, o “presidente pago” da LPFP, disse publicamente que a justiça desportiva da Liga “deve ser célere, (…) equilibrada e recatada”.

Conclusões: a) os processos pendentes na atual CD não terão, na maior parte das hipóteses, decisões em tempo “útil”; b) falta saber se, para além dos procedimentos referentes a condutas registadas nos relatórios dos jogos (como o “megaprocesso” dos graves incidentes ocorridos após o “Trofense-Estoril” de novembro) e a queixas apresentadas na Liga, houve instauração de processos em face de outras situações indiciariamente violadoras dos regulamentos: se a resposta for negativa, estamos mal. Porém, aos olhos de alguns, teremos tido, com certeza, celeridade, equilíbrio e o tal recato.

B) Vamos a mais factos, noutro domínio.

1. Desde 12 de abril de 2010 que a FPF tem a utilidade pública desportiva suspensa, por efeito do Despacho n.º 7294/2010 do secretário de Estado do Desporto (SED).

2. Tal despacho teve como efeito central a suspensão imediata dos apoios financeiros resultantes de dois contratos-programa de 2009.

3. A suspensão da utilidade pública desportiva e os seus efeitos estão em vigor pelo prazo de um ano.

4. Nesse mesmo despacho foi prevista a sua revisão “sempre que as circunstâncias o justifiquem, podendo ser alteradas as medidas agora decididas ou aditadas outras”.

4. O regime jurídico das federações desportivas reza assim: “O prazo e o âmbito da suspensão são fixados pelo despacho (…) até ao limite de um ano, eventualmente renovável por idêntico período, podendo aquela ser levantada a requerimento da federação desportiva interessada com base no desaparecimento das circunstâncias que constituíram fundamento da suspensão” (Art. 21.º, 4, DL 248-B/2008). Isto é, parece que não se permite agravamento dos efeitos fixados no despacho durante o período da suspensão.

5. Em entrevista publicada no dia 2 de janeiro, o SED anunciou um novo despacho (em rigor, será o projeto de despacho), que já teria sido notificado à FPF para que esta se pronunciasse: “(…) um novo despacho que agrava o anterior. Foi decidido estender a suspensão a todos os contratos. Até agora havia dois contratos suspensos, passa à totalidade, ou seja, cinco”.

Conclusões: o SED solicita o cumprimento da lei à FPF; todavia, para isso, parece que o despacho “anunciado” passará por cima da lei. Será este o caminho para exigir a conformidade com a lei?

C) Como sempre cá na terra, está tudo bem!"