Últimas indefectivações

sábado, 7 de maio de 2011

As Finais são para ganhar, mas...

Benfica 4 - 1 Física


...estou com muito receio que o jogo da Final não seja decidido pelos jogadores!!! Hoje, no nosso jogo, praticamente não houve faltas a favor do Benfica!!! Na outra Meia-Final, a equipa da casa, o Vilanova, beneficiou de 4 cartões azuis!!! Já nos Quartos-de-final com a Oliveirense, tinha havido muitos 'problemas'!!! A tudo isto parece-me que neste momento a nossa equipa vive um momento de menos fulgor, estamos a permitir muitos contra-ataques aos adversários, e o Ricardo Silva não vai defender tudo!!! Agora o nosso potencial é incomparavelmente superior, mas...

Com este resultado, garantimos a segunda Final Europeia do Benfica esta época (Andebol), isto depois de duas derrotas nas Meias-Finais em outras duas modalidades (Futebol, Futsal)!!! Independentemente dos resultados destas duas finais, que por acaso ambas vão ser decididas na casa do adversário, duvido que na História Gloriosa do Sport Lisboa e Benfica, tenha existido outra época sequer parecida com esta. Mas para alguns, o Benfica bateu no fundo, perdeu a cultura de exigência e de vitória, está à deriva, é o descalabro total, é a pior época do Benfica de todos os tempos!!! Não há paciência...

Divisa

"Quando era miúdo, os benfiquistas da minha criação usavam um lema particular para incitar a equipa e traduzir o seu próprio estado de espírito perante os desafios da competição: «alma, coração e genica: Benfica». Este lema, ao longo dos tempos, teve sucessivas versões. Chamaram-lhe «amor à camisola», trataram-na por «mística». Mas ainda hoje penso, cada vez com mais frequência, que o melhor que posso desejar para o meu Clube e para as cores da minha equipa é a velha «alma, coração e genica: Benfica». Acho que esta palavra de ordem traduz a pequena ou grande diferença que vai entre aquilo que se faz e aquilo que, mesmo que pareça impossível, será imperioso fazer, o salto em frente, o passo de gigante, o golpe de asa.

Trata-se da superação, daquilo em cada um, e um todo, como por exemplo uma sociedade, se supera, sobreleva, se excede e ultrapassa. A «alma» representa a força anímica, o «coração» significa o motor que faz circular os sentimentos e emoções, a «genica» é o combustível da entrega, da dedicação. E tudo isto por um objectivo, uma causa, um ideal: Benfica!

Talvez tudo isto seja um pouco ingénuo, num tempo tão globalizado e materialista, em que tudo tem um valor quantificado que não incorpora nem a «alma» nem o «coração» e em que a «genica» se estabelece por objectivos e se mede por tabelas de avaliação. Ou seja, um tempo sem alma e que começa a perder o coração. Porém, como para o Clube da minha alma e a equipa do meu coração quero sempre o mais alto, o mais longe e o mais além, vou retomar com urgência para mim, e aqui passo palavra a quem a queira adoptar, essa simples divisa da idade da inocência: «alma, coração e genica: Benfica»."


João Paulo Guerra, in O Benfica

Histórico

"Nunca o Andebol do Benfica tinha chegado tão longe. Estamos, pela primeira vez, numa final europeia, após uma recuperação brilhante (da desvantagem de seis golos trazida da Sérvia), na qual poucos acreditariam.

No jogo da Luz, os 'encarnados' rapidamente conseguiram os golos necessários para gerir a eliminatória com segurança, mostrando que eram os melhor equipa, e mereciam estar na final.

Sou dos que pensa que, em cada uma das modalidades, qualquer competição europeia é sempre mais importante do que qualquer competição nacional. Deste modo, ganhar a Challenge Cup significará subir ao dregau mais alto da história do nosso Andebol. Não seremos Campeões Europeus - como outros se quiseram fazer passar há um ano atrás -, mas teremos um importante troféu internacional a iluminar as vitrinas do nosso ecletismo, e a dar lastro ao nosso ego. A acontecer, será a quinta modalidade do Clube a conseguir triunfos extramuros, depois do Futebol (Taça Latina e Taças dos Campeões Europeus), Futsal (UEFA Cup), Hóquei em Patins (Taça Cers), e Atletismo (Taças dos Campeões Europeus de Estrada).

Desconheço o valor do adversário que iremos ter pela frente. Será certamente uma boa equipa, oriunda de uma escola com tradições (a Eslovénia foi vice-campeã da Europa, não há muitos anos), e que irá colocar novos e difíceis problemas. Mas se o conjunto do prof. José António Silva nem sempre tem conseguido manter a regularidade (sobretudo no Campeonato), a verdade é que ninguém poderá ignorar os momentos de brilhantismo com que frequentemente nos tem obsequiado, sobretudo quando posto perante os mais exigentes desafios (três vitórias sobre o FC Porto, três vitórias sobre o Sporting, três vitórias sobre o Madeira, duas vitórias sobre o ABC, e seis triunfos internacionais, tudo apenas nesta temporada).

Há, pois, fortes motivos para acreditar em mais duas grandes prestações da nossa equipa, que permitam levantar o troféu, e inscrever, desde logo, 2010/11 na história dourada das modalidades benfiquistas."


Luís Fialho, in O Benfica

Sem o Carneiro é mais difícil...





14ª jornada - Juniores - Fase Final

Benfica 1 - 2 Corruptos

Caramelo

Fim do suplicio, com um 4º lugar no campeonato...


adenda: Golo da derrota, ao minuto 90+5, de penalty!!!

Continua a faltar só mais uma !!!






Jenkins(13), Minhava(12), Elvis(11), Reed(10), Tavares(8), Heshimu(6), Chandler(5), Ramos(3), Carreira, Mascarenhas, Ferreirinho




Não consigo entrar no Site da FPB, por isso não tenho as estatísticas, mas vi o jogo, e posso confirmar as palavras do nosso treinador, e até acrescento: Qualquer Xistra, Soares Dias, Vasco Santos, ou outro qualquer da mesma laia, teria ficado orgulhoso do 'trabalhinho'!!! Verdadeiramente vergonhoso. Praticamente todos os pontos da Académica no último período foram lances livres, o Tommy Eddie é inimputável, conseguiu fazer os 40 minutos sem problemas de faltas, só os jogadores do Benfica é que cometem faltas técnicas como 'passos', 'dribles', etc... Pelo menos no Domingo os senhores do apito vão ser outros...

Recordo para os mais ignorantes, que a Académica nos últimos dois anos (os do Bi-Campeonato), foi a equipa que nos criou mais dificuldades, no Play-Off.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

"Eusebiomania"

"Foi a 13 de Maio de 1960. À atenção dos crentes? Dos crentes e dos não crentes, mas sempre dos crentes no Benfica. Foi a 13 de Maio de 1960. Após uma batalha jurídica sem paralelo, a Federação portuguesa de Futebol decidiu que um jovem moçambicano, de nome Eusébio, era oficialmente jogador do Sport Lisboa e Benfica.

Passou meio século. A data tem um enorme peso no historial vermelho. Já alguém pensou o que seria ver o nosso Eusébio de camisola trocada anos a fio? Fiel ao compromisso com o Clube, Eusébio não vacilou durante meses, altura em que se esgrimia o mais longo embate de sempre entre o Benfica e o Sporting. As tentativas para desviar o jogador da rota rubra foram muitas. Decisiva, desde logo, a palavra da mãe, D. Elisa, a quem o Benfica tanto deve. Depois? Depois, o País virou 'eusebiomaníaco'. O Benfica cresceu disparadamente em popularidade, quer a nível doméstico, quer no contexto internacional. Eusébio e Benfica, Benfica e Eusébio confundiram-se sempre. O maior jogador de todos os tempos emprestou dose substancial para o carisma que carecteriza a maior agremiação desportiva portuguesa. O maior jogador de todos os tempos emprestou dose substancial para a condição de clube mítico que o Benfica ainda hoje transporta.

Foi a 13 de Maio de 1960, escassos dias antes da primeira vitória na Taça dos Clubes Campeões Europeus, ainda sem o concurso de Eusébio. Daí para a frente, a maravilhosa máquina de sonhos cresceu mais ainda. Cresceu muito mais. Cresceu tanto que até virou lenda. Sempre com a majestade de Eusébio."


João Malheiro, in O Benfica

Derrota do Porto

"1. Embora na Secretaria, foi uma importante derrota do Porto: da sua Associação e, afinal, do seu principal clube. Ou antes, foi uma importante vitória do Futebol português. Apesar da oposição de algumas (já bem poucas...) associações distritais, nomeadamente Porto e Braga, os estatutos da Federação foram finalmente aprovados. Ao longo de três anos, algumas associações andaram a adiar o inadiável e ainda agora Lourenço Pinto, presidente da Associação do Porto (e antigo presidente dos árbitros, quando 'valia tudo'...), ameaça com a impugnação. Já ninguém lhe liga. Foi finalmente derrotado. Quando deixará o Futebol de vez?


2. O FC Porto rejubilou: pela 1.ª vez esta época, foi ultrapassada a barreira dos 40 mil espectadores no seu estádio. Num ano excepcional em termos de resultados, nem numa meia-final europeia, sem TV em canal aberto, o seu estádio, com 50 mil lugares, encheu. Estiveram 44 mil, menos 13 mil que na Luz, à mesma hora, com transmissão na SIC (que voltou a ganhar as audiências do dia graças ao nosso Clube). E com o Benfica em período de algum pessimismo...


3. Continuo preocupado com o nosso novo Centro de Documentação e com o nosso futuro Museu. Por motivos que não consigo descortinar, o 'nosso' historiador Alberto Miguéns continua colocado à margem de todo o processo. Que interesses levarão à marginalização daquele que é, reconhecidamente, a pessoa mais abalizada no sector e que até se prontificou a trabalhar gratuitamente para o Clube enquanto não for requisitado à escola onde dá aulas? Ao chamar (mais uma vez) a atenção para o facto, fico (pelo menos) de bem com a minha consciência.


4. Fim-de-semana em grande no Andebol (finalista numa competição europeia após grande recuperação) e no Basquetebol (quase na final da Liga). Fim-de-semana infeliz no Futsal (perdida a Europa, vamos à reconquista do Nacional) e no Voleibol (a melhor equipa nacional ao longo de toda a época foi batida por um anacrónico regulamento do Campeonato), Mas estamos em todas e na luta pelos títulos."


Arons de Carvalho, in O Benfica

Lideranças

"Olhar para o desempenho de uma equipa de futebol, para uma equipa de dirigentes ou para qualquer outra equipa é, também, observar o sucesso das lideranças. Por exemplo, quando observo o desempenho individual de cada um dos futebolistas do nosso Benfica, vejo as suas capacidades e a sua crença. Observa-se em que medida crê no modelo de jogo que interpreta, crê em si e crê nas ideias de quem o lidera. Quando o homem crê, o atleta quer. À junção do querer e do crer chama-se motivação.
No entanto, para que a motivação individual surja, é indispensável que haja na liderança a visão para detectar o talento, a potencialidade. Haja a coragem para desenvolver essa potencialidade e a lealdade para, pelo exemplo, motivar e unir um grupo (seja uma equipa ou uma massa associativa). Para isso, é importante que todos percebam que a vivência do sucesso não permite que se deixem de correr riscos, particularmente o risco de nos colocarmos em questão. Não há liderança onde não há conhecimento das virtudes e reconhecimento dos erros. Isto implica que uma das grandes marcas de uma liderança eficaz acabe por ser a reflexão sobre os erros cometidos e a capacidade de evoluir. Quem não tiver esta ousadia não será um líder. Quando muito será um chefe. Um líder deverá ter em si a loucura, o optimismo e a humildade para confiar na sua capacidade de aglutinar, motivar e, sempre que for caso disso, de mudar. Sendo que esta mudança, quando ocorre, deve revelar-se, antes de em qualquer outro, em si.
Nunca se poderá fazer um balanço do que foi, e está a ser, o momento presente do nosso Benfica, se não houver a ousadia e a humildade de questionarmos o nosso compromisso pessoal para com o Clube. Para este acto de liderança todos somos chamados: desde o presidente ao treinador, passando pelos atletas e, essencialmente, pelos adeptos."


Pedro F. Ferreira, in O Benfica

Objectivamente (FPF)

"Adriano Pinto deixou grande legado na Associação de Futebol do Porto e no Futebol Português. Um outro Pinto do Porto, Lourenço, que lhe sucedeu, conseguiu levar até ao limite - mais de três anos - a discussão sobre os estatutos da Federação Portuguesa de Futebol!

Foi vergonhosa a forma como este retrógrado dirigente do Futebol indígena tratou a questão, aproveitando a presidência da Associação de Futebol do Porto e o seu poder, para seduzir alguns comparsas de velhas andanças como o presidente da Associação de Braga, Carlos Coutada, e outros dirigentes que querem manter a todo o custo o seu domínio e a sua grande influência nas mais importantes decisões do Futebol português.

Dizia Coutada que a votação que no passado fim-de-semana arrumou - finalmente - esta questão, não era «uma derrota». Coutada, que sempre representou Lourenço Pinto quando estrategicamente este se ausentava das assembleias, garantia que a luta continuava e que não iriam desistir facilmente. Acredito. Como dizia o antigo presidente da Comissão Disciplinar da Liga, Ricardo Costa, o que interessa são os nomes das pessoas que vão presidir a essas comissões que doravante estarão na FPF. Por isso, o mais importante, e face ao aviso de Carlos Coutado e do seu ideólogo Lourenço Pinto, o melhor é estarmos bem atentos aos nomes designados para ocuparem estes cargos porque a moléstia promete continuar... sem cura!

Esta gente não quer mesmo mudar. Agarram-se ao poder como lapas e nada os despega!

Para quem quer uma mudança sadia e séria neste pobre Futebol português não pode ficar distraído com estas teóricas alterações impostas pelos novos regulamentos! O mais importante agora é saber quem vai ser nomeado para os cargos, porque mandarem sediados na Liga (Porto) ou na Federação (Lisboa), a coisa é a mesma! A ideia é continuar tudo na mesma!"


João Diogo, in O Benfica

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Fim de época frustrante



Eliminação devastadora, e injusta. Confirmou-se que o 2-1 do primeiro jogo foi curto (já esse resultado tinha sido injusto). Voltámos a pecar na finalização, voltámos a perder para os postes, e deve ser sina, mas voltámos a sofrer um golo num canto, que deveria ter sido um pontapé de baliza (já no primeiro jogo, o golo do Braga nasce de uma falta que não existiu, que ainda por cima nos retirou o Aimar para este jogo). E também parece sina nos últimos tempos, a 'estratégia' da inversão do infractor(!!!), desta vez não foi o Javi, mas foi o Luisão que ao sofrer falta dentro da grande área, cometida pelo Paulão, viu o árbitro marcar falta ao contrário!!! Para cúmulo até a inusitada troca na ordem dos jogos, feita pela UEFA, acabou por ter um impacto significativo nesta eliminatória. A derrota ainda é mais dolorosa, porque esta noite foi mais um 'triunfo dos porcos' em todos os sentidos!!! (por exemplo os 'caricatos' incidentes do Braga-Leiria) A maneira como o Maxi teria ficado fora da final, em caso de vitória do Benfica, é bem demonstrativa.


Na madrugada após Eindhoven fiz um desgraçado post, com a lesão do Salvio, algo que não fiz com outros jogadores. Se calhar foi um pressentimento...!!! Não encontrámos solução para o substituir...


Se no início da época nos dissessem que chegaríamos às meias-finais da Liga Europa, nenhum Benfiquista ficaria insatisfeito (mesmo que isso implicasse o 3º lugar no grupo da Champions), mas a maneira como a época correu, e uma série de resultados traumatizantes, faz de esta derrota, mais um obstáculo difícil de ultrapassar...


A memória como sempre é curta, e hoje ninguém se recorda da série de vitórias a meio da época, do excelente futebol praticado, e inclusive das várias e sucessivas 'remontadas' cheias de raça que estes jogadores fizeram.


Mais do que a consequência directa deste resultado, aquilo que me preocupa neste momento, é a extraordinária capacidade auto-destruidora que o Benfica ganhou nas últimas décadas. Neste momento parece que queremos inaugurar uma nova tendência. Agora, após a perda de um título: troca-se de plantel, despede-se o treinador e o Presidente!!!


A próxima época para o Benfica, vai começar oficialmente em Julho(!!!), vamos ter jogadores novos a chegar, outros vão sair, e vamos ter infelizmente jogadores na Copa América. Se na 3ª pré-eliminatória da Champions o adversário até pode ser acessível, no Play-Off da Champions vamos quase de certeza defrontar uma equipa Espanhola, Inglesa, Italiana, Alemã, ou Francesa!!! Com o ambiente que se vai criar à volta de equipa, pelos próprios adeptos, o defeso vai ser extremamente complicado, e mesmo depois, se o treinador ficar (como eu desejo), e obviamente se a Direcção não se demitir (como eu desejo), todos os jogos do início da época, principalmente os Europeus vão ser 'testes' à capacidade de 'revolta' dos eternamente insatisfeitos. Recordo que as demissões de treinadores com poucas jornadas no campeonato, no Benfica já aconteceram pelo menos 3 vezes nos últimos 15 anos!!! Com óbvios impactos negativos nos resultados...


Um dos erros desta época foram as elevadas expectativas no início de época, induzidas em parte pelo treinador, pelos jogadores, e pelos directores, mas também por parte dos adeptos. Ironicamente os principais responsáveis por estas expectativas altas, foram o treinador, os jogadores, e os directores, pela excelente época anterior que o Benfica tinha feito!!! Por isso hoje a desilusão e a revolta são ainda maiores. Com uma Taça da Liga (que tem um valor relativo), com um 2º lugar na Liga (e qualificação para as pré-eliminatórias da Champions), e com uma Meia-Final Europeia, há bem pouco tempo, resultados destes, seriam recebidos com agrado, não com total satisfação, mas pelo menos como um sinal que as coisas estavam bem encaminhadas. Com o sucesso da época anterior, estes resultados são manifestamente insuficentes...


Também espero que não sejam os Benfiquistas, no meio desta aparente missão 'terra queimada' a branquear as verdadeiras razões, para muito do insucesso do Benfica esta época, princialmente no início e no final da época a nível interno.


E já agora para não me esquecer de ninguém, uma nota para a militância: Mesmo com a excelente época anterior, nem na pré-época conseguimos encher a Luz!!! E nestes últimos jogos da Euroliga só à custa de muitas 'borlas' a casa ficou composta, é fácil apontar os erros, mas é difícil fazer alguma coisa, para que as coisas mudem...


Por tudo isso, hoje, num dia triste, muito triste, quero reafirmar o meu Benfiquismo, tal como o Nuno Aleixo.

FALTA de GARRA !!!

Houve evidente falta de garra de alguns jogadores

Mas se os jogadores não sentem o apoio do principal líder LFV; eles devem pensar se ele não fala... e ele não venha com a cena de não queria desestabilizar a equipa... FEZ PIOR!!!


O Silêncio da que devia ser uma voz de protecção Á ENTIDADE SPORT LISBOA e BENFICA, e como calou foi convivente com TODOS aqueles que rebaixaram e etc.

E mais uma vez quem cala consente.

Puta que pariu o LVF, e não me venham com reabilitação e o C#RALH=

Nesta Liga Europa não há jogos, são apenas três meras formalidades

"SE repararem com alguma atenção, nem é necessária muita atenção, a Liga Europa, este ano, já se pode dar por arrematada apesar de ainda ter mais três jogos por disputar, as duas meias-finais por disputar de hoje e a final de Dublin que mais não são do que meras formalidades a cumprir pelos seus intervenientes.


Basta ler os jornais e ouvir as notícias para perceber que assim é. O FC Porto não só vai hoje passear a sua classe em Espanha porque não há volta a dar ao expressivo resultado da primeira mão como também irá passear a sua classe a Dublin, na final, visto que nem o Real Madrid com cinco trincos lhe chega aos calcanhares, quanto mais o Sporting de Braga...


Sim, porque o Sporting de Braga é o outro finalista, apesar de ainda ter de jogar hoje a segunda mão contra os incompetentes e anémicos da Luz, que nem força nas pernas têm para uma hora de jogo. António Salvador, o presidente do Sporting de Braga, exortou ontem os adeptos do clube a unirem-se nesta «caminhada até Dublin», enquanto José Mendes, presidente da Assembleia Geral do Sporting de Braga, anunciou à Rádio Renascença, que já tem comprado o bilhete de avião para Dublin.


Resta ao Villarreal consolar-se com notícias infames como aquela da Marca a garantir que o árbitro holandês do jogo da primeira mão andou por marisqueiras de Matosinhos mal acompanhado. E resta ao Benfica dos serviços mínimos picar hoje o ponto à hora estipulada pela UEFA depois do presidente do Braga onde, garantidamente, os seus jogadores não terão passado a noite em claro a apanhar envelopes metidos por debaixo das portas dos seus quartos com fotografias dos frangos do Roberto.


Esta é, sem dúvida, uma Liga Europa única. Os tipos da UEFA devem estar pasmados. Mas é sempre assim com os portugueses, sabem-se os resultados todos com uma antecipação impressionante.








A propósito de envelopes... O comunicado da SAD Leiria exprime sem eufemismos uma revolta fortemente adjectivada contra os acontecimentos e os seus protagonistas nos túneis e assoalhadas da bonita Pedreira bracarense - «cínicos», «cobardes», «violentos» são alguns dos mimos utilizados. Mas, lamentavelmente e sem qualquer tipo de justificação ética ou moral, acaba até por ofender inocentes que nada tiveram a ver com a ocorrência.


E é preciso ter muito cuidado com estas coisas. Pecou o redactor do dito comunicado dos leirienses ao acrescentar ao seu legítimo repúdio comparações obsoletas como «isto nem em África!» ou «pareciam pessoas do Terceiro Mundo».


Oh meu amigo, mas em que mundo é que julga que vive?


É que não havia nenhuma necessidade de ofender tanta gente, tantos continentes, tantos milhões de seres humanos e tantos países que lá por não terem auto-estradas modernas como as nossas também têm a sua dignidade e, principalmente, têm a vantagem de não conhecer de lado nenhum o senhor António Salvador e o senhor Bruno Paixão e o senhor Fernando Couto e o senhor João Bartolomeu e, muito menos, o valente senhor de envelope anónimo...








ESTE episódio, como é apanágio nos países do Primeiro Mundo e não-africanos, como é o nosso, não vai resultar em nenhuma acção disciplinar. De uma maneira ou de outra e cada um à sua maneira, muitos foram já os especialistas que vieram a terreno defender o arquivamento rápido do caso.


Já se ouviram juristas explicar que sem «flagrante delito» no momento do acto é impossível pôr um nome ao meliante. Já se leram grandes títulos na imprensa explicando que, afinal, o meliante nem sequer é um meliante sério porque «SÓ FOTOS NÃO SÃO MEIO DE COACÇÃO», como surgiu em O Jogo encimando declarações de José Manuel Meirim, professor de Direito Desportivo,e de Jorge Coroado, antigo árbitro de futebol.


Para Meirim, que segue e interpreta a Lei não-africana, o envelope por não conter no seu interior «qualquer tipo de recado ou ameaça» não configura coacção. Quanto a Jorge Coroado, que foi perito arrolado pelo Ministério Público no processo Apito Dourado e jamais viu indícios pecaminosos que pudessem comprometer a reputação da classe, também agora não vê nada de desagradável na questão:


«Não vejo razão para se invocar isto, quando há árbitros que a primeira coisa que fazem quando chegam ao balneário é ligar o televisor para ver se conseguem descortinar algum erro», descortinou Coroado a O Jogo.


Portanto, muita atenção, estudantes de Direito Desportivo e futuros dirigentes desportivos em idade escolar! Envelopes anónimos por debaixo da porta na cabine do árbitro podem ser postos à fartança, à fartadela, à fartazana. Desde que não contenham ameaças nem recados. Assim sendo, «é difícil enquadrar isto na acção disciplinar de coacção». Entendido?


E, muita atenção, senhores árbitros! Não corram para ligar a televisão na cabina porque há a partir de agora um meio mais personalizado do vos informar sobre os juízos críticos formulados sobre o vosso trabalho. E não vale a pena espreitar pelo buraco da fechadura. Um envelope anónimo também tem a sua dignidade e, ainda para mais, não gasta electricidade.






ESTA semana, no Minho, deram-se a conhecer dois protagonistas corajosos. Abel Castro Cutelo foi delegado da Liga em Braga e continua de boa saúde. Cutelo confirmou a existência do envelope anónimo e referiu o episódio em declarações à imprensa. É desejo de todos os desportistas que Abel Castro Cutelo tenha um grande, tranquilo e profícuo futuro como delegado da Liga.


Júlio Mendes é vice-presidente do Vitória de Guimarães, emblema que vai disputar com o FC Porto a próxima final da Supertaça. Júlio Mendes declarou à imprensa que os vitorianos «querem jogar a final da Taça no Jamor», pirateando assim, à descarada, aquele pressuposto regionalista contra o «centralismo» e contra Lisboa como palco da festa. «Desejamos que assim seja pela carga simbólica do recinto», acrescentou Mendes. E ainda piorou as coisas...






DE acordo com o Record, tudo o que se passou em Braga se explica porque «os leirienses» foram acusados de estar ao serviço do Benfica, por não terem antecipado o jogo, e do Sporting, na luta pelo terceiro lugar».


O Benfica, felizmente e já não era sem tempo, optou por ficar em bendito silêncio e não caiu na esparrela de vir comentar os incidentes do Sporting de Braga - União de Leiria.


Mas renascido para as guerras, como tão bem exemplificou Oceano ao confrontar o árbitro Duarte Gomes no túnel de Alvalade, temos agora um novo Sporting com opinião forte. Carlos Barbosa, vice-presidente de Alvalade, afirmou que o caso do envelope «é mais caricato do que estranho», o que não deixa der ser profundo como análise.


No entanto, Barbosa tem mais com que se preocupar do que com «os procedimentos dos outros clubes» e nisto faz bem. O dirigente está preocupado com o ambiente colorido em casa. «Apela aos adeptos que venham a Alvalade envergando, pelo menos, uma peça de roupa verde para assim colorimos as bancadas», exortou para o próximo jogo com o Vitória de Setúbal.


O que é mais estranho do que caricato visto que, por toda a última campanha eleitoral, não faltaram candidatos nem adeptos a lamentar a excessiva mancha cromática nas bancadas.


Mas é uma preocupação legítima e preponderante nesta altura do campeonato.






O Vitória de Setúbal vai a Alvalade lutar pela manutenção e está bem mais perto de alcançá-la do que a Naval 1.º de Maio, com quem concorre directamente. António Aparício, vice-presidente do Vitória de Setúbal, está confiante no sucesso da equipa mas diz que «o campeonato é uma mentira» por causa do Benfica que anda a «ajudar equipas» ao apresentar-se nos últimos jogos com uma maioria de reservistas em campo.


Compreende-se. O tempo é de unir esforços no Bonfim porque o objectivo é importante. E mais vale a António Aparício deitar culpas ao Benfica do que, por exemplo, perder a cabeça e desatar em impropérios sublinhando a incompetência dos seus próprios jogadores. Como, por exemplo, os que falham grandes penalidades, tipo Pitbull ou Jailson. Ou como o infeliz Valdomiro que, só no último jogo do Vitória, marcou um golo na própria baliza e ainda ofereceu mais um golo ao adversário. Uma «noite bem negra», como referiu o cronista de A BOLA."

Leonor Pinhão, in A Bola

1 ou 2

"Hoje se saberá a outra equipa portuguesa que disputará a final da Liga Europa com o mais que provável FC Porto.


Tenho ouvido benfiquistas temerosos dizerem que mais vale o (actual) Benfica ser eliminado pelo Braga, para não disputar a final com o (actual) Porto.


Esta asserção é manifestamente infeliz e incompatível com o código genético do Benfica. Claro que uma pessoa com o mínimo de objectividade (o que para um adepto ferrenho nem sempre é fácil) antevê dificuldades nessa tal hipotética final. O Porto atravessa um momento ímpar de autoconfiança e capacidade ganhadora que, por certo, lhe confere um estatuto de favorito.


Todavia, uma final é sempre um jogo peculiar e especial. Nem sempre o mais favorito vence, como se pode observar na história das finais europeias. Aliás, também entre nós, nos clássicos e nos derbies, assistimos, não raro, à vitória da equipa que naquele momento se apresentava pior.


Recordo, a propósito, a final da Taça de Portugal em 2004 em que o Benfica de Camacho foi capaz de derrotar o Porto de Mourinho, campeão nacional e europeu. Ou, ao invés, a vitória do Setúbal no Jamor sobre o recém-campeão nacional Benfica no ano seguinte.


Acredito que, caso o Benfica seja finalista (se ultrapassar um notável SC Braga...), Dublin vai assistir a um jogo memorável, numa atmosfera diferente de um jogo doméstico, com uma motivação incomparável de todos os jogadores e com um arbitragem isenta e não condicionada.


Depois no fim se verá, sabendo-se que só uma das equipas pode levantar o troféu. O meu prognóstico, caso se venha a disputar essa final, é 1 ou 2, riscando, claro, o X do empate e... não sabendo se é um Benfica-Porto ou um Porto-Benfica."

Bagão Félix, in A Bola

A Liga de honra

"Já aqui falei da Liga de Honra que é o nome com que a intelligentsia do futebol consagrou a popularmente designada 2.ª Divisão. Uma Liga que, entre a oficialidade janota e o vernáculo perene, adopta também um nome comercial, a Liga Orangina.


A intensa disputa e o equilíbrio que, por regra, perpassam por esta Liga sempre me despertaram interesse. Afinal, o sal do futebol está na imprevisibilidade e na incerteza. Há muitos jogos deste campeonato com interesse e qualidade superior a muitos da Liga principal. Este ano, para não fugir à regra, temos uma luta entre vários clubes que, por certo, durará até ao gongo final.


Outra evidência desta Liga é a sua acentuada geográfica. Nesta época, é praticamente assente que as equipas a promover serão do distrito de Aveiro (o meu, logo a minha preferência), do Porto ou de Braga. Aliás das 16 equipas desta Liga, doze (75%) são de Aveiro para cima (incluindo ainda o único aqui o único representante do interior, Sporting da Covilhã). As restantes quatro são do Centro (Fátima), Açores (Santa Clara) e de Lisboa (Belenenses e Estoril-Praia).


Uma concentração que, apesar de tudo, na 1.ª Liga ainda está longe de acontecer (5 do Norte, 4 do Centro, 5 do Sul e 2 da Madeira).


Acho que as regras de promoção deveriam ser alteradas. Três e não duas equipas a subir e descer entre as divisões. Nos actuais termos, acaba por se premiar a atitude defensiva de não descer, em vez de se empolgar o objectivo de subir.


Aliás, na II Divisão (em bom rigor ordinal, a terceira) chega-se ao absurdo de haver três zonas cujos vencedores jogam depois entre si para eliminar um (em até já aconteceu ser a equipa melhor classificada durante todas as jornadas!)."




in A Bola, Bagão Félix

Regabofe



"ESTÁ TOTALMENTE PROHIBIDO POR LA UEFA
Directivos del Oporto cenaron con el árbitro tras el partido contra el Villarreal
· Reinaldo Teles y Antonio Garrido, implicados en el caso 'Pito Dorado', acudieron al restaurante con el holandés Kuipers · También cenó allí el presidente Pinto da Costa


El Oporto, rival del Villarreal en las semifinales de la Europa League, incumplió el pasado jueves una de las reglas más importantes que marca la UEFA: la prohibición expresa de que directivos o miembros de cualquiera de los equipos contendientes acompañen a los árbitros del partido durante su estancia en la sede del choque. Y mucho menos, que coman o cenen con ellos.
Tras ciertos casos de corrupción aparecidos hace algunos años, el organismo que regula el fútbol europeo incide mucho en velar por cualquier tipo de conducta que pueda dar lugar a presuntas irregularidades. Y así lo expresa nítidamente en su reglamento: "Durante su estancia en la sede del partido, los árbitros deben ser únicamente atendidos por un enlace que será un representante oficial de las asociaciones nacionales del equipo anfitrión (artículo 20.08 del capítulo XIII)". Es decir, sólo puede acompañarles alguien de la Federación o del Comité de Árbitros.
Pero, según ha podido saber MARCA, esta regla se incumplió gravemente la noche del pasado jueves, cuando el holandés Bjorn Kuipers, encargado de dirigir el choque entre el club luso y el Villarreal, cenó con varios directivos y personas estrechamente vinculadas al Oporto en el mismo restaurante.
Kuipers cenó en la Marisqueira de Matosinhos -de la localidad del mismo nombre situada a 10 kilómetros de Oporto- con Reinaldo Teles, directivo del club portugués y persona de gran confianza del presidente de la entidad, y con Antonio Garrido, ex árbitro luso que colabora con el Oporto.
A lo largo de la cena, el asunto fue más allá cuando ¡el propio presidente! Jorge Nuno Pinto da Costa también apareció en el exclusivo restaurante de la Rua do Roberto Ivens.
La UEFA no ve con buenos ojos estas prácticas, sobre todo teniendo en cuenta que Pinto da Costa, Teles y Garrido estuvieron involucrados en el escándalo de corrupción arbitral que salpicó al fútbol portugués en 2004 conocido como 'Pito Dorado'.
Escuchas telefónicas
Teles y Garrido no fueron condenados porque la justicia portuguesa no aceptó como pruebas las escuchas telefónicas. El caso se saldó -además del descenso administrativo del Boavista y cinco árbitros suspendidos- con dos años de suspensión para Pinto da Costa y una sanción de seis puntos en Liga para el Oporto, que además fue apartado de la Champions League 2008-2009. Esta sanción fue posteriormente revocada por el Comité de Apelación de la UEFA.
La actuación del holandés Kuipers en dicho partido (que concluyó con un contundente marcador de 5-1 a favor de los portugueses) se saldó con tres tarjetas amarillas para los castellonenses -Catalá, Borja y Diego López-, un penalti señalado a favor de los locales y la reclamación de un posible fuera de juego en el cuarto gol del Oporto.
Ante la sospechosa irregularidad de esta cena, el Villarreal podría plantearse ahora presentar una reclamación ante la comisión disciplinaria de la UEFA, el mismo órgano al que iba dirigida la demanda presentada por el Real Madrid contra los jugadores del Barça, que fue desestimada el pasado lunes."



A destacar:

-Parece que a Marisqueira é sempre a mesma!!! Até parece que não há mais sítios para se comer!!!

-Garrido nomeado pela FPF, para acompanhar os árbitros. O homem mais 'sério' da arbitragem Portuguesa!!! Será que ele também acompanha os árbitros da UEFA que apitam na Luz?!!! Se sim, então as coisas começam a fazer sentido...!!!

-Jornaleiros avençados Lusitanos caladinhos, todos... aqui não há surpresa.

-Pintinho disse no final deste jogo, que não tinha gostado da arbitragem na 1ª parte!!! Será que este também recebeu fotografias por baixo da porta?!!! Ou será que só ao intervalo, é que decidiram o 'Menu' da Fruta?!!!

-'pito dourado'(!!!): A prova que os Castelhanos chamam os bois pelos nomes!!!


"Martins dos Santos constituído arguido
Martins dos Santos foi esta tarde constituído arguido pelo Tribunal de Gondomar, suspeito de um crime de tráfico de influências.
O ex-árbitro foi ontem detido pela Polícia Judiciária, depois de ter recebido pouco mais de mil euros do São Pedro da Cova para alegadamente evitar a descida do clube dos distritais do Porto.
Martins dos Santos terá pedido cinco mil euros, os responsáveis do clube pagaram, informando a PJ, pouco mais de mil, em notas marcadas, com as quais o ex-árbitro seria apanhado.
Presente esta tarde a um juiz no Tribunal de Gondomar, Martins dos Santos foi constituído arguido, estando sujeito a Termo de Identidade e Residência.
Contactado por A BOLA, o presidente do São Pedro da Cova, Vítor Silva, não quis comentar o caso."
in A Bola

Aqui está a prova, que é urgentemente necessário, começar a tratar deste casos, como uma 'doença'!!! Para quando a abertura de umas sessões dos 'Árbitros Corruptos Anónimos'?!!! (ACA)


"Delinquentes da Pena
Exigem os jornalistas máxima responsabilidade e fair-play aos dirigentes desportivos, mas em muitos casos a responsabilidade que pedem é aquela que eles próprios não assumem. O jornal Record, na sua edição de hoje, decidiu avançar com algumas notícias tão estéreis quanto falsas.
Faltaram à responsabilidade que tanto reclamam, porque nem Sidnei recusou qualquer braçadeira de capitão, nem o alojamento da equipa representa qualquer problema ou motivou o mínimo desencontro, como o verdadeiro prémio da equipa em ganhar a Liga Europa será honrar a história e a tradição do Sport Lisboa e Benfica.
Lamentáveis as notícias e as suas intenções. Enquanto continuam a reclamar a falta de responsabilidade de alguns dirigentes desportivos, a verdade é que continuam à solta alguns “delinquentes da pena”.
É preciso mais para desestabilizar o Sport Lisboa e Benfica. Este tipo de notícias pode vender, mas não é sério. Os benfiquistas normalmente são generosos, mas há limites que não devem ultrapassar."



Este desmentido do SL Benfica teve por base estas três notícias do pasquim Rascord!!! Uma, Duas, Três !!! Não sei se é record do Mundo, mas três mentiras numa primeira página, até para o Rascord é digno de registo!!!!








Comunicado do U. Leiria
«A Administração da União de Leiria Futebol SAD, vem, na sequência dos lamentáveis factos verificados imediatamente após o termo do desafio que opôs a sua equipa ao S.C.Braga, Futebol SAD, comunicar o seguinte:
- Após o termo do aludido jogo, os jogadores que compõem a sua equipa de futebol, assim como o demais “staff”, celebraram a permanência na Liga Zon/Sagres, objectivo conseguido com a conquista de mais um (1) ponto, hoje em pleno Estádio AXA.
- Todavia, após a legítima celebração a que aludimos, quando se dirigiam para a cabine, os jogadores da U.D.Leiria, Futebol SAD foram, injustificadamente, ofendidos na sua honra e consideração pelos senhores Fernando Couto e António Salvador, os quais, de cabeça completamente perdida e carregados de frustração, face ao resultado menos positivo, acabaram mesmo por agredir dois jogadores desta sociedade. (Manuel ITURRA e CÁCÁ).
- Na verdade, a actuação de Fernando Couto, foi selvática e cobarde, própria de uma pessoa mal formada e cínica, tendo sido de tal forma violenta que causou ao atleta ferimentos graves, cuja real extensão e consequências ainda estão por apurar.
- O Presidente do SC Braga, Futebol SAD, António Salvador, assistiu a tudo, tendo instigado à violência, acabando por agredir também ele, de forma violenta, o atleta CÁCÁ, que entretanto saíra em defesa do colega ITURRA.
- Nesta sequência de acontecimentos, já no corredor de acesso ao balneário, o Sr. Fernando Couto e o Presidente António Salvador forçaram mesmo a entrada no balneário destinado à União de Leiria, Futebol SAD, acabando por ali entrar, proferindo diversas ameaças e injúrias contra todos os jogadores, técnicos e demais “staff”.
- A Administração da União de Leiria Futebol SAD repudia veementemente tais atitudes próprias de pessoas de terceiro mundo, solidarizando-se incondicionalmente com os seus atletas que foram vítimas destes lamentáveis actos de violência.
- Uma vez que o Senhor delegado da Liga assistiu a todos estes factos, e seguramente os fez constar do seu relatório, estaremos também atentos às consequências disciplinares no âmbito dos processos a instaurar pela Comissão Disciplinar da Liga aos prevaricadores que, em nosso entender, deverão ser exemplarmente punidos pela gravidade dos actos praticados, pelos cargos que ocupam, pela sua reincidência e também como medida dissuasora para com aqueles cuja conduta nos campos de futebol é lamentavelmente reprovável.
- Finalmente, referir que União de Leiria, Futebol SAD exige um pedido formal de desculpas e a imediata retratação dos identificados agressores."


in A Bola
Poucos dias após todos estes funestos acontecimentos, como é que a comunicação social os trata? Em completo 'Silenzio' !!!

Manter o espírito





segunda-feira, 2 de maio de 2011

NeoBlanc 28

Tabela Anti-NeoBlanc:
Benfica...... 59 (-14)...73 (-5)
Corruptos..... 80 (+14)...66
Braga............45(+5)...40
Sporting........ 45 (+6)...39



Anexos:


Benfica



1ª-Académica, Prejudicados, Com 3 pontos

2ª-Nacional, Prejudicados, Com 3 pontos

3ª-Setúbal, Prejudicados, Sem influência no resultado

4ª-Guimarães, Prejudicados, Com 3 pontos

5ª-Sporting, Nada a assinalar

6ª-Marítimo, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado

7ª-Braga. Nada a assinalar

8ª-Portimonense, Prejudicados, Sem influência no resultado

9ª-Paços Ferreira, Beneficiados, Sem influência no resultado

10ª-Corruptos, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado

11ª-Naval, Prejudicados, Sem influência no resultado

12ª-Beira-Mar, Prejudicados, Sem influência no resultado

13ª-Olhanense, Prejudicados, Sem influência no resultado

14ª-Rio Ave, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado

15ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado

16ª-Académica, Prejudicados, Beneficiados, Sem influência no resultado

17ª-Nacional, Prejudicados, Sem influência no resultado

18ª-Setúbal, Prejudicados, Sem influência no resultado

19ª-Guimarães, Prejudicados, Sem influência no resultado

20ª-Sporting, Prejudicados, Sem influência no resultado

21ª-Marítimo, Prejudicados, Sem influência no resultado

22ª-Braga, Prejudicados, Com 3 pontos

23ª-Portimonense, Nada a assinalar -- (equipa B -2)

24ª-Paços Ferreira, Prejudicados, Sem influência no resultado

25ª-Corruptos, Prejudicados, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado

26ª-Naval, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado -- (equipa B -3)

27ª-Beira-Mar, Prejudicados, Sem influência no resultado

28ª-Olhanense, Prejudicados, Com 2 pontos



Corruptos


1ª-Naval, Beneficiados, Com 3 pontos

2ª-Beira-Mar, Beneficiados, Impossível de contabilizar no resultado

3ª-Rio Ave. Beneficiados, Com 2 pontos

4ª-Braga, Beneficiados, Com 2 pontos

5ª-Nacional, Beneficiados, Impossível de contabilizar no resultado

6ª-Olhanense, Nada a assinalar

7ª-Guimarães, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado

8ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado

9ª-Académica, Nada a assinalar

10ª-Benfica, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado

11ª-Portimonense, Nada a assinalar

12ª-Sporting, Prejudicados, Com 2 pontos

13ª-Setúbal, Beneficiados, Com 3 pontos

14ª-Paços de Ferreira, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado

15ª-Marítimo, Nada a assinalar

16ª-Naval, Nada a assinalar

17ª-Beira-Mar, Beneficiados, Com 2 Pontos

18ª-Rio Ave, Beneficiados, Com 2 pontos

19ª-Braga, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado

20ª-Nacional, Prejudicados, Sem influência no resultado

21ª-Olhanense, Nada a assinalar

22ª-Guimarães, Nada a assinalar

23ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência do resultado

24ª-Académica, Nada a assinalar

25ª-Benfica, Beneficiados, Prejudicados, Impossível de contabilizar no resultado

26ª-Portimonense, Nada a assinalar

27ª-Sporting, Beneficiados, Com 2 pontos

28ª-Setúbal, Nada a assinalar



Sporting


1ª-Paços de Ferreira, Nada a assinalar

2ª-Marítimo, Nada a assinalar

3ª-Naval, Beneficiados, Com 2 pontos

4ª-Olhanense, Beneficiados, Com 1 ponto

5ª-Benfica, Nada a assinalar

6ª-Nacional, Nada a assinalar

7ª-Beira-mar, Nada a assinalar

8ª-Rio Ave, Nada a assinalar

9ª-Leiria, Prejudicados, Sem influência no resultado

10ª-Guimarães, Beneficiados, Sem influência no resultado

11ª-Académica, Nada a assinalar

12ª-Corruptos, Beneficiados, Com 1ponto

13ª-Portimonense, Nada a assinalar

14ª-Setúbal, Nada a assinalar

15ª-Braga, Beneficiados, Com 2 pontos

16º-Paços de Ferreira, Prejudicados, Com 3 pontos

17ª-Marítimo, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado

18ª-Naval, Nada a assinalar

19ª-Olhanense, Beneficiados, Prejudicados, Sem influência no resultado

20ª-Benfica, Beneficiados, Sem influência no resultado

21ª-Nacional, Beneficiados, Sem influência no resultado

22ª-Beira-Mar, Beneficiados, Com 3 pontos

23ª-Rio Ave, Nada a assinalar

24ª-Leiria, Nada a assinalar

25ª-Guimarães, Beneficiados, Com 1 ponto

26ª-Académica, Nada a assinalar

27ª-Corruptos, Prejudicados, Com 1 ponto

28ª-Portimonense, Nada a assinalar



Braga


1ª-Portimonense, Nada a assinalar

2ª-Setúbal, Nada a assinalar

3ª-Marítimo, Beneficiados, Com 2 pontos

4ª-Corruptos, Prejudicados, Com 1 ponto

5ª-Paços de Ferreira, Nada a assinalar

6ª-Naval, Nada a assinalar

7ª-Benfica, Nada a assinalar

8ª-Olhanense, Beneficiados, Sem influência no resultado

9ª-Rio Ave, Nada a assinalar

10ª-Beira-Mar, Prejudicados, Com 2 pontos

11ª-Guimarães, Beneficiados,Prejudicados, Sem influência no resultado

12ª-Nacional, Beneficiados, Com 2 pontos

13ª-Leiria, Nada a assinalar

14ª-Académica, Nada a assinalar

15ª-Sporting, Prejudicados, Com 1 ponto

16ª-Portimonense, Nada a assinalar

17ª-Setúbal, Nada a assinalar

18ª-Marítimo, Nada a assinalar

19ª-Corruptos, Beneficiados, Prejudicados, Impossível contabilizar no resultado

20ª-Paços de Ferreira, Nada a assinalar

21ª-Naval, Nada a assinalar

22ª-Benfica, Beneficiados, Com 3 pontos

23ª-Olhanense, Nada a assinalar

24ª-Rio Ave, Beneficiados, Com 2 pontos

25ª-Beira-Mar, Nada a assinalar

26ª-Guimarães, Nada a assinalar

27ª-Nacional, Nada assinalar

28ª-Leiria, Prejudicados, Beneficiados, Impossível contabilizar no resultado

domingo, 1 de maio de 2011

Obrigado !!!

Benfica 33 - 25 Partizan Dunav Osiguranje
Tavares(9), Pedroso(7), Vucicevic(6), Pais(4), Roque(4), Carneiro(1), Silva(1), Areia(1), Lopes, Peneda, Graça, Costa, Ferreirinho, Candeias


Depois de perder por 30-36 na Sérvia o Benfica conseguiu a reviravolta na eliminatória (algo que eu sempre acreditei!!!), qualificando-se assim para a Final da Challenge Cup de Andebol, que será disputada em duas mãos, com o RK Cimos Koper da Eslovénia (nas meias-finais venceram em casa por 7 golos, e perderam fora por 5).


A equipa hoje não deu hipóteses, desde do primeiro minuto, e nem o infortúnio do Carneiro, abateu os nossos bravos. Atitude exemplar durante os 60 minutos...


Obrigado pela alegria, ainda por cima num fim-de-semana que estava a correr 'mal', e os parabéns a toda a secção, em especial ao Professor José António Silva, que tem sido muitíssimo mal tratado por muitos Benfiquistas (mesmo tendo já sido, Campeão no Benfica, carrega, provavelmente para sempre às suas costas, o 'trauma' Donner!!!). Aliás de todas as equipas das modalidades do Benfica, a equipa de Andebol tem sido provavelmente a mais 'atacada' pelos 'impropérios' dos tais Benfiquistas 'especiais', que ainda na quarta-feira passada tiveram um 'festim'...!!!


Agora as finais foram feitas para se ganharem, mas será importante jogar o segundo jogo na Luz. O facto desprestigiante deste troféu ter sido ganho pelos Lagartos a época passada, não deve reduzir o empenho de todos...!!!


Hoje, fez-se mais um bocadinho da História vencedora do SL Benfica!!! E por isso Obrigado...




Nem os 'treinos' escapam (mais uma vez)!!!

Olhanense 1 - 1 Benfica





Uma nova modalidade está a 'nascer' na arbitragem em Portugal:


Quando um jogador do Benfica sofre falta, o que fazer?!! Expulsar o dito jogador, obviamente...!!!


Jogo a baixa rotação, com a habitual e desejada rotação de jogadores, e com vários jogadores em posições 'estranhas', adaptados, devido à lesão do Luís Filipe!!!!! Golo cedo, várias oportunidades para aumentar a vantagem, mais do que merecida, adversário sem conseguir criar qualquer perigo, e para dar 'sal' à partida, expulsão inacreditável do Jardel, num lance onde a falta é cometida pelo adversário (já o primeiro amarelo tinha sido cómico!!!). A partir desse momento os defesas e médios de Olhão 'nunca' mais fizeram faltas, em sentido contrário falta atrás de falta marcada contra o Benfica, empurrando, empurrando, empurrando, e no último segundo dos descontos, num pontapé de canto, golo do Olhanense...


Existem quatro hipóteses para explicar este fenómeno:


1. Os árbitros estão a usar estes jogos a 'feijões' para treinar a arte de roubar o Benfica, para quando os jogos foram a sério, tudo seja mais natural!!!


2. A impossibilidade genética de desligar o 'interruptor' da Roubalheira!!!


3. A vontade do Padrinho em acabar este Campeonato com a maior vantagem possível, para ajudar os avençados a branquear todos os arranjinhos!!!


4. Tentar condicionar ainda mais o defeso Benfiquista, com estes resultados negativos!!!



PS1: Antevendo a habitual histeria, a culpa do golo do Benfica, foi dos 3 jogadores que estão no primeiro poste, e nenhum deles ataca a bola!!!


PS2: Será que hoje o Presidente do Setúbal vai-se queixar do facto dos Corruptos utilizarem as segundas opções contra o Vitória?!!!


PS3: Parece que na Pedreira (esse exemplo de bem receber!!!), houve agressões, invasões dos balneários adversários, entre outras coisas!!! Isto porque os Bracaros 'desconfiaram' do empenho do adversário!!! (Leiria que tem vários Lagartos nos seus quadros!!!) Algo que eles, adeptos e ex-funcionários Corruptos nunca fizeram, ao serviço do Braga, ou ao serviço de outro qualquer Clube (por exemplo o Leiria: quando olhavam para o chão!!!). Como é habitual nestas situações, é muito fácil projectar sobre os outros, o que eles, na mesma posição, fariam!!! (ou já fizeram!!!)

Só mais uma !!!



Desilução






Não vi o jogo, portanto digo só que o 4º lugar acaba por ser frustrante, principalmente porque o vencedor do troféu, como ficou na Sexta demonstrado não é melhor que o Benfica. Foi a vitória do 'catenacio'...

PS: O comentador da Eurosport no resumo da partida disse que a arbitragem foi bastante caseira, não sei se foi verdade, mas já no jogo com os Italianos, os árbitros 'bloquearam' na 5ª falta!!! Para a marcar a 6ª, só 'arrancando' uma perna...!!!

Juvenis - 4ª jornada - Fase Final



Faltam 2 jogos, ambos no Seixal, e temos 3 pontos de vantagem. Podemos inclusive festejar o título para a semana, caso os Lagartos façam 1 pontinho, no antro da Corrupção, se isso não acontecer temos a última jornada para decidir o Campeão, recebendo os Corruptos, e com a vantagem do empate ser suficiente...

Benfica........10
Corruptos.....7
Sporting.......5
Padroense....0

13ª jornada - Juniores - Fase Final


Adeus ao terceiro lugar...

Banido

De vez enquanto ia ao Ser Benfiquista, unicamente para saber resultados das modalidades, ou da Formação, normalmente em jogos fora de casa, quando não conseguia encontrar outros links na Net. Mas nunca tinha comentado, ontem como o Stream do Volei estava constantemente a 'quebrar' foi lá para ir acompanhando o resultado. Ainda o jogo não tinha terminado, e já havia um rol de ofensas ao Benfica, e aos seus profissionais, de fazer corar qualquer um. No final do jogo, não me contive, e pela primeira vez escrevi um comentário. Basicamente mandei todos aqueles que estavam a ultrapassar os limites do aceitável para o Caralho!!!

Conclusão: Fui Banido!!!

O que só vem reforçar a pertinência do meu post anterior. É que além de 'merdas', são pouco democráticos...