Últimas indefectivações

sábado, 26 de outubro de 2019

A liderança pode esperar mais uns dias

"Quarenta anos depois, o campeonato está de volta. Esta pausa deu-me tempo para repousar, limpar o seu quarto, ser pai, organizar o armário da roupa por cores e ainda ser avô. É muito bem pensado da parte da Liga dar este alargado descanso aos adeptos, mas sobretudo aos jogadores. Assim, houve tempo suficiente para o Rafa recuperar daquela tendinopatia no adutor à esquerda, lembram-se? Por outro lado, agora com 66 anos acredito que seja mais difícil para o Rafa recuperar a melhor forma, mas estou convencido de que aquela velocidade assombrosa não desaparece assim de repente em quatro décadas.
Vai arrancar a jornada número 8, e isto de não estar na liderança é angustiante. O lugar do Benfica é no topo da classificação, qualquer outro posto causa uma sensação estranha, nem dá bem para explicar o que é. Tipo aqueles enjoos que uma pessoa nem sabe se são causados pela fome, pelos stress ou pelos debates intermináveis acerca da capacidade de Bruno Lage para elevar a qualidade de jogo da equipa. Não escondo: estou desejoso de ver o Benfica no 1.º lugar. Em todo o caso, não me importo nada de aguardar pela 9.º jornada. Não há problema se o Famalicão se mantiver no topo no final desta ronda. Quem esperou estes quarenta anos também espera mais uma semaninha.
Embora a maioria dos adeptos ache graça à decadência de outros clubes, eu não consigo encontrar motivos de diversão nesses casos. Há um emblema em particular cuja história exige uma participação permanente na luta pelo título - o leitor sabe bem de quem estou a falar. A eliminação da Taça por uma equipa de escalão inferior foi a gota de água, pelo que eu gostaria de deixar aqui registado o meu apoio: força, Tottenham!"

Pedro Soares, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!