Últimas indefectivações

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

O que é ser treinador

"Ser treinador implica melhorar competências, modificar atitudes e comportamentos. Pressupõe informação e formação contínua, ensinar o esperado e a gerir o inesperado contido no dia-a-dia. Requer tomar como referência fundamental a actividade bem concreta para a qual pretendemos preparar aqueles a quem nos dirigimos, enquadrada por objectivos a atingir e a tarefa respectiva.
Ao treinador, cumpre ser frontal e honesto, rigoroso e ser um exemplo, de coerência e preocupação constante com os jogadores, no respeito pelas divergências, mas sem preconceitos pelas convergências.
Compete-lhe; Explicar, se necessário Executar, Corrigir e Repetir.
O Treinador não deve ter necessidade de ser falado para significar, mas deve deixar a equipa e as pessoas que a compõem melhor do que estavam quando começaram a trabalhar com ele.
Treinador, líder e gestor, são uma e a mesma coisa? Debate muito em voga. Em nossa opinião, a liderança e a gestão (o líder e o gestor) devem ser complementares. Nem uma, nem outra, devem ser dominantes sob pena de algo nas equipas deixar de funcionar como deve.
Requer uma gestão de sentimentos e emoções, das nossas e dos outros, quer no plano individual, como do grupo. Solicita que sejamos capazes de nos auto - conhecer, centrarmo-nos no que somos (pontos fortes e fracos), assumirmos as nossas responsabilidades e demonstrarmos empenho e sentido de urgência.
Num tempo em que tanto se substitui a memória pela esperança, há que procurar sentimentos ideias, dados e valores, formas e símbolos, que provavelmente, ainda não tenham sido experimentadas, designadamente no futebol de alta competição.
Há necessidade imperiosa de entroncar, de contextualizar, de globalizar as nossas informações e os nossos saberes, de procurar enfim um conhecimento complexo.Relacionar a explicação e a compreensão, tendo em conta que não é fácil, é objectivar a subjectividade do futebol."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!