Últimas indefectivações

sexta-feira, 18 de março de 2011

Afinal, não há só tangos em Paris

"Concordo plenamente com as opções feitas por Jorge Jesus no jogo contra o Portimonense. O nosso objectivo é ganhar títulos, e não apenas jogos para ficar a menos pontos do primeiro.
O segundo lugar do campeonato não enche nenhum benfiquista de alegria por isso temos que nos concentrar nos títulos que podemos vencer.
A época depende inteiramente da vitória na Taça da Liga, e de eliminarmos o FC Porto para poder vencer, no Jamor, a Taça de Portugal.
Assim poderá haver festa encarnada em Abril e em Maio, de resto apenas podemos lançar a nova época com um plantel reforçado.
Isto posto, deveremos obviamente tentar ganhar os oito jogos que faltam para concluir o campeonato, como também devemos tentar ganhar quando jogamos o torneio do Guadiana sem fazer disso o objectivo da época.
Recentemente Cristina Branco lançou um magnifico CD com o título 'Não há só Tangos em Paris'.
Não sei porquê, mas havia algo de profético quando ouvia a música e imaginava Javier Saviola, Pablo Aimar, Franco Jara, Salvio e Nico Gaitán no Parque dos Príncipes.
Mesmo que não se quisesse, o fantasma dos pois penáltis por assinalar no jogo da Luz, estava lá desde o apito inicial.
Jogo sofrido. Jogo dividido, contra um Paris Saint-Germain de bom nível, que valorizou muito a passagem de um Benfica que sem ser brilhante, foi esforçado.
Amanhã, o sorteio tem mais encanto com o Benfica, pela quarta vez em cinco anos, nos quartos-de-final de uma competição europeia.
Jesus sabe que pode fazer história, e eu vou acabar agora esta crónica para saborear o prometido foie-gras."
Sílvio Cervan, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!