Últimas indefectivações

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Confiança


"É gratificante verificar as assistências no Estádio da Luz na presente temporada. A média, acima dos 55 mil espectadores por jogo (55 174), é a maior de sempre após cinco jornadas disputadas na (actual) Luz. Se em 2012/13 e na temporada seguinte a média não atingiu os 35 mil, em 2014/15 registou-se um incremento de cerca de 8500 espectadores por jogo (43 964). Em 2015/16, novo aumento significativo, com 49 497 por partida, mantendo-se a tendência de crescimento na presente época (sem defrontar o Sporting, ao contrário das duas últimas épocas). Impressionante!
Tanto quanto o caminho percorrido por Rui Vitória no Benfica. Ao fim de 70 jogos a contar para competições oficiais, o ribatejano contribuiu para uma percentagem de triunfos a rondar os 77% só superada, se não me falham as contas, por Guttmann e Riera.

E não menos que o desempenho de Pizzi, já com cinco golos marcados no Campeonato Nacional, a adaptação imediata de Cervi, as investidas de Guedes, a liderança de Luisão, a segurança de Ederson, o instinto goleador de Mitroglou, o omnipresença de Fejsa e tudo o resto porque este plantel, em extensão, qualidade e espírito de equipa - dá-nos garantias de que com ele, orientado por Rui Vitória, poderemos encarar o futuro com optimismo. E é neste sentimento que reside a principal justificação para a notável média de espectadores no Estádio da Luz.

P.S. Sobre o lance polémico no Bessa, em benefício do Sporting, desconheço qualquer declaração de Bruno de Carvalho a evocar a necessidade de utilização do videoárbitro. Fica a dúvida: com o seu silêncio, cuspiu ou expeliu fumo na tão propalada 'luta pela verdade desportiva'?"

João Tomaz, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!