Últimas indefectivações

sábado, 2 de março de 2019

Magia do futebol e mérito de Lage

"Amanhã, no clássico contra o FC Porto, no Dragão, se for apenas dentro de campo, estaremos fortes e capazes

O Benfica venceu o Desportivo de Chaves (e podiam ter sido mais) por esclarecedores 4-0 e vai ao Dragão lutar pela liderança do campeonato.
Nesta fase, Benfica e FC Porto são as únicas equipas que aspiram ganhar o título nacional, enquanto o SC Braga tenta ficar à frente do histórico Sporting e este luta pela sobrevivência financeira antes de qualquer glória desportiva.
Pequenos períodos de demagogia incendiária pagam-se com largos tempos de aperto financeiro. A culpa, qualquer que seja o emblema, é sempre dos adeptos que estão mais disponíveis a ser enganados por uma mentira fácil do que enfrentar e resolve uma verdade complicada.
Olhar para o Sporting e culpar um ou dois protagonistas recentes é esquecer as esmagadoras maiores de apoiantes que sempre avalizaram atitudes e com comportamentos.
Procurem com rigor o que disseram e escreveram grandes sportinguistas, como por exemplo Dias da Cunha ou Sérgio Abrantes Mendes, e vejam como houve quem avisasse, quem alertasse e quem nunca cedesse ao caminho da mentira e do insulto.
Para adeptos de outros emblemas, como é o meu caso, serve apenas para reflexão, porque não há clubes imunes a este tipo de fenómenos.
Vamos amanhã jogar aquele que estatisticamente é o mais difícil dos nossos jogos, mas também aquele que vencendo nos coloca perto de um título que estava perdido há pouco mais de um mês. Magia do futebol e mérito de Bruno Lage.
Se for apenas dentro de campo, estamos fortes e capazes. O Benfica enfrenta um Porto bem treinador por Sérgio Conceição, com soluções variadas e sem limitações de lesões depois da recuperação de Marega e Danilo.
Pelo nosso lado, um Benfica com Jonas a meio gás, com Jardel que não recuperou, um Fejsa ausente, um Salvio magoado ou um Conti repetidamente azarado são limitações incapazes de baixar a vontade de vencer. Entramos em campo no sábado com ambição de um Benfica a chegar a bom porto, na solidez de Gabriel e Samaris, na velocidade de Rafa ou na eficácia de Seferovic para chegar a um final... Félix(z)."

Sílvio Cervan, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!