Últimas indefectivações

sábado, 9 de setembro de 2017

A alma de Vanessa

"A maturidade de Vanessa Fernandes acrescentou-lhe uma maneira diferente de falar dos seus objectivos e isso foi evidente nas poucas horas em que esteve em Portugal para participar no Ironman 70.3 em Cascais. Não está aqui em causa a vitória, mas o conteúdo das suas afirmações antes e depois da competição.
Estamos em presença de uma atleta que não consegue disfarçar a sua alma de competidora ao mais alto nível. Os planos estão bem enquadrados na mente e, o mais importante, sabe qual é o seu estado de forma actual, depois de uma longa paragem. Vanessa estava cansada da competição, dos treinos, das rotinas, e preferiu libertar-se desse regime de escravidão. Foi medalha de prata nos Jogos de Pequim com 23 anos no triatlo e o destino quis que ela olhasse para uma vida mais folgada em termos competitivos. Talvez tenha sido melhor assim. O tempo encarregou-se de devolver a Vanessa o prazer da corrida, treinos e competições. O processo tem demorado o seu tempo e o segredo para termos de novo uma Vanessa cheia de alma está ligado ao seu grupo de trabalho. A medalha de prata em Pequim trabalha entre a elite portuguesa e tudo está sincronizado em termos de objectivos no grupo de Lino Barruncho.
Para quem vai fazer 32 anos na próxima quinta-feira, ainda está muito a tempo de entrar na luta pelas medalhas nos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio. Vanessa não se quer comprometer de forma aberta, mas é esse o objectivo que tem em mente. Pouco a pouco, as boas sensações estão a ser apontadas no seu caderno de treino. E o mais surpreendente é que do ponto de vista mental, Vanessa está perfeitamente equilibrada e tranquila, transmitindo uma noção de confiança como há muito tempo não se via."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!