Últimas indefectivações

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Bazófia

"Esta semana aconteceu-me um episódio curioso que quero partilhar convosco e que espelha como vai ser esta temporada no futebol português. Apanhei um táxi em direcção ao Rossio, em Lisboa, e da tagarelice habitual passámos - o condutor e eu - para uma conversa animada sobre futebol. Imaginem vocês que o senhor taxista era adepto do Sporting CP - afinal também os há... - e mostrou a sua filiação clubística com a seguinte expressão: 'O que eu sei é já não vejo ninguém à frente'.
Não resisti e soltei uma bem-disposta gargalhada desde o banco de trás. 'O ano passado também era assim e foi o que se viu', respondi-lhe. A conversa encaminhou-se para uma discussão quando o idoso senhor me perguntou qual seria então o campeão se não fosse o seu clube. Naturalmente atirei-lhe com um lacónico 'o campeão dos últimos anos'. Após alguns momentos de silêncio, o taxista voltou à carga com os negócios de milhões de Alvalade, com a excelência dos dirigentes, com o facto do Adrien ter de 'estar mas é caladinho e cumprir o contrato'. Foi assim que percebi que estava perante um senhor de idade com claros problemas de visão e a sofrer de um mal que assola há quase 15 anos uma pequena franja da sociedade portuguesa: a azia.
A conversa azedou de vez quando lhe fiz ver que a bazófia não leva a lado nenhum, como se provou a temporada passada. Nada. O taxista, sem argumentos, continuava a relembrar que a sua equipa está à frente do campeonato. Estávamos a chegar ao Rossio quando lhe disse: 'Lembre-se de que ainda vamos na terceira jornada e que não há campeões em Setembro'. No fim da corrida deixei um euro de gorjeta, não vá ser preciso uma ajuda para pagar ordenados."

Ricardo Santos, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!