Últimas indefectivações

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Contrastes...

"1. De um lado, os orçamentos e folha salarial dos poderosos Real Madrid e Barcelona. De outra, a Espanha com uma taxa de desemprego de 24,5%.
2. De um lado, o alargamento das Ligas. De outro, a vergonha de salários atrasados e falências adiadas.
3. De um lado, mais um clube à beira do fim. De outro, mais mais um estádio do Euro às malvas.
4. De um lado, modalidades que resistem à ditadura do futebol. De outro, clubes históricos dessas modalidades que desistem sem meios e finda a subsidio-dependência.
5. De um lado, a ilusão de um ranking que coloca as equipas portuguesas numa posição privilegiada na Europa. De outro, uma bolha explosiva de penúria nos clubes portugueses.
6. De um lado, a ignominiosa jaula em que os sportinguistas viram o jogo na Luz. De outro, a abençoada grelha metálica que separou os sportingusitas na catedral de San Mamés.
7. De um lado, um Athletic Bilbao que insiste em só ter jogadores bascos ou de ascendência basca. De outro, um Benfica que persiste em jogar sem portugueses.
8. De um lado, centenas de adeptos que aplaudem a sua equipa na derrota, como aconteceu com o Sporting na Liga Europa. De outro, meia-dúzia que assobiam os jogadores na vitória do Benfica na final da Taça da Liga.
9. De um lado, quem fala antes do tempo ou fora dele, em ode proclamatória de sucessos garantidos. De outro, o desaparecimento, em tempos difíceis dos desaires e desilusões, de quem assim fala.
10. De um lado, a relativização de passivos. De outro, a majoração de trocas e baldrocas com proveitos repartidos.
11. De um lado, o futebol. De outro, a crise. E a vida."

Bagão Félix, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!