Últimas indefectivações

sexta-feira, 25 de março de 2011

Até quando?

"1. O Benfica já não pode ir ao Porto sem que o seu autocarro (e, agora também, o carro do seu presidente) seja danificado. Desta vez foi no regresso de Paços de Ferreira, à entrada da cidade. Culpa da polícia? Certamente alguma, não tanto por não proteger convenientemente os veículos do Clube (será difícil estar em todo o lado), mas principalmente por deixar impunes uma série de elementos reconhecidamente criminosos como, por exemplo, aqueles que há dias agrediram o nosso vice-presidente Rui Gomes da Silva. E culpa, também, de todos aqueles que continuam a bajular o presidente do clube ou a não denunciar os consecutivos focos de incêndio por ele ateados. Até quando? Até onde?
2. Rui Moreira foi, em tempos, forte crítico de Pinto da Costa. Mas, entretanto, vendo que assim nunca chegaria a presidente do FC Porto, mudou de estratégia e passou a elogiá-lo. Pretendeu há dias desculpablizar o seu clube da agressão ao nosso vice-presidente Rui Gomes da Silva, invocando uma série de acções alegadamente praticadas por elementos afectos ao Benfica contra elementos do FC Porto. Admito perfeitamente que alguns benfiquistas se tenham excedido aqui e ali e tenham cometido actos criticáveis. Infelizmente, em todos os clubes, nuns mais, noutros menos, há adeptos desses. Agora, o que nunca vi foi um alto dirigente de um clube (já nem falo em presidente...) vir a público, mesmo entre adeptos seus, regozijar-se a atirar piadas parvas a propósito do mau comportamento de elementos do seu clube para com altos responsáveis de um outro. Gostaria, pois, que Rui Moreira, que tem uma página semanal de A Bola ao seu dispor, comentasse as palavras do presidente do seu clube, em vez de tentar desculpar os energúmenos que agrediram um dirigente e um clube rival e, que pelos vistos até são conhecidos da polícia por actos anteriores.
3. O Benfica está, mais uma vez, nos quartos-de-final de uma competição europeia (afinal, quem dá pontos a Portugal?), após eliminar o PSG. Jogo de muita luta, muito sofrimento mas, também, bastante brilho. E num estádio em Paris 'virado' benfiquista. Estiveram quase tantos apoiantes do Benfica em Paris como adeptos do FC Porto no seu estádio, na passada quinta-feira..."
Arons de Carvalho, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!