Últimas indefectivações

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Rock and Roll, Lage


"O primeiro período do Benfica ante a Fiorentina foi verdadeiramente impressionante no que concerne ao tomar as rédeas da partida, através do instalar no meio campo adversário.
Para tal muito contribuiu a forma como o modelo encarnado prepara a reacção à perda, mas tão importante quanto isso, as características de Gabriel Pires e Florentino Luís.
Autênticos “monstros” de passada larga e extremamente veloz, juntos taparam saídas, e encostaram a Fiorentina atrás. E das poucas vezes em que foram batidos, a grande velocidade voltavam para trás da linha da bola, entrando no lance do ponto de vista defensivo, ajudando a equipa.
Na pressão no meio campo ofensivo, na reacção à perda ou até no timing para sair para desarmar em organização, não está fácil enfrentar a dupla de médios encarnados."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!