Últimas indefectivações

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Glorioso SLB

"Que dia extraordinário! 15 de Maio de 2016 ficará gravado nas páginas de ouro da imensa e gloriosa história do Sport Lisboa e Benfica. O tão ambicionado tricampeonato foi alcançado. Foi assim que nasci, tricampeão em 1977, ainda sem estar consciente desse feito. É também com este estatuto que vivo, hoje, um dos melhores períodos do inigualável percurso do nosso futebol desde que, em Belém, há 112 anos, um grupo de homens - e rapazes se uniram em torno de um ideal comum, o da prática de um desporto que chegara há poucos anos a Portugal.
Este título é particularmente significativo por dar corpo à ideia de que o Benfica voltou a ser dominante no panorama futebolístico nacional. O sexto tri, em época de novo treinador e redefinição estratégica com a aposta consistente em jogadores da formação, é reflexo, sobretudo, da estabilidade conseguida na última década. Só com esta foi possível implementar as medidas que nos permitiram atingir o patamar de excelência em que nos encontramos. O caminho do tetra já começou a ser trilhado. Que venha mais uma Taça da Liga hoje! Ademais, horas antes da vitória ante o Nacional, conquistámos a Liga Europeia de hóquei em patins. Que dia, caros benfiquistas! Que felicidade imensa, que orgulho, que Benfica! Sem menosprezar o facto de nos termos sagrado bicampeões nacionais da modalidade no sábado. Bem podem os outros vociferar que são a maior potência desportiva nacional que só demonstram, com isso, que o delírio está ao alcance de qualquer um.
Uma nota final: Desde que Bruno de Carvalho foi eleito presidente do Anti-Benfica, somos tricampeões nacionais de futebol. O homem, podemos afirmar, é um autêntico talismã."

João Tomaz, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!