Últimas indefectivações

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Con(trastes)

"Ainda só se atingiu 1/5 da Liga e parece que estamos na antecâmara do fim da prova, tal a efervescência e guerrilha que a vem envenenando. Curiosamente, as jornadas sucedem-se com clamorosos con(trastes). Eis alguns:
O Benfica que havia ganho pontos ao Porto e ao Sporting, jogando fora, perde os mesmos pontos a seguir, jogando em casa.
Jorge Jesus esteve em três campos na jornada anterior, disse Paulo Fonseca. O técnico portista, nesta jornada, esteve apenas em dois. É mais económico e eficiente.
Enquanto o Benfica terá de meter requerimento para uma grande penalidade, a fartura de penalties abunda em outros ambientes. O penalty mal marcado contra o Porto no Estoril foi compensado por um penalty mal marcado a seu favor pela distinta sociedade Proença & Bertino.
Falando em con(trastes), Pedro Proença está entre os melhores do mundo (dizem) lá fora, mas está entre os piores (acho) cá dentro. Já são casos a mais - e curiosamente sempre no mesmo sentido - para não serem relevantes na sua apreciação.
Proença arrogante não dá a mão ao cumprimento do educado Rui Vitória, mas no mesmo palco e em outros jogos, já abraçou comovidamente jogadores e técnico da casa.
Há árbitros que não vêem o que claro foi, enquanto outros há que até conseguem ver o que nunca houve. Os primeiros são cegos, mas os segundos são artistas de primeira água.
O Arouca - excepcionalmente - não tem nenhum jogador expulso antes de receber o Porto. Guimarães, Estoril, etc. tiveram jogadores expulsos e castigados antes de jogar com o Porto.
O Benfica até à 6.ª jornada já perdeu 7 pontos (39% dos possíveis). Na passada época, só à 18% jornada atingiu tal desperdício (13%)."

Bagão Félix, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!