Últimas indefectivações

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Propaganda

"O nosso Benfica está a terminar as épocas das diversas modalidades em depressão e, às tantas, nós, adeptos, também temos responsabilidades na situação, quando nos deixamos afundar com o desgosto e a frustração.
Mas a verdade é que no Futebol profissional, o Glorioso ganhou apenas por 1-0, em casa, ao último da tabela, garantindo a presença na Liga dos Campeões, o que é uma boa notícia mas podia ser melhor. Porém, como no passado, chegando a Primavera, o Futebol do Benfica começou a dar sinais de cansaço. Mas, vá lá, que no Futsal conquistámos a Taça de Portugal e nos encaminhamos para o título. Embora no Voleibol, tal como no passado, e não sei se pelo mesmo trauma, o Benfica ganhou praticamente tudo durante a época e, chegando ao play-off final, perdeu o título. No Basquetebol estamos na final, vencendo, e não por desistência do adversário. No Andebol, vencemos e mantemos o 2.º lugar. No Hóquei em Patins, ganhámos e conservamos a liderança.
Mas o peso do Futebol Profissional puxa para baixo um balanço que tem pontos altos e outros mais rasteiros. E é aqui que entra em funcionamento a máquina de propaganda anti-benfiquista. Basta ver o composição accionista das empresas, para perceber que o Benfica é um inimigo a abater na generalistas e desportivos. É recorrendo a essa máquina que alguns gananciosos ganham uma inesperada visibilidade. Basta um dedo levantado contra o Benfica e têm assegurado o tempo de antena para explorar qualquer desaire da equipa, como influenciar qualquer alteração na equipa técnica ou no plantel. E a maioria cala-se, quando não chega mesmo a apoiar. Foi assim que, através de eleições, um aventureiro chegou no passado a presidente do Benfica."

João Paulo Guerra, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!