Últimas indefectivações

terça-feira, 18 de junho de 2019

João Félix não fez a melhor escolha

"Chegados a este ponto das negociações para a transferência de João Félix, já não retorno. O jovem ídolo benfiquista sairá, certamente para o Atlético de Madrid, e Luís Filipe Vieira passará a ostentar o título de recordista de vendas de passes de jogadores em Portugal.
Estão ainda por definir os derradeiros pormenores do negócio, mas sabe-se que será concretizado logo que fique também a saída de Griezmann para o Barcelona.
Não penso que, desportivamente, seja, esta a melhor solução para João Félix, e também não penso que o Atlético de Madrid seja o clube indicado para o jovem jogador consolidar as suas evidentes potencialidades. Nem sequer acredito que João Félix, que há um ano era, apenas, uma das jovens promessas do futebol do Benfica, tenha maturidade profissional para aguentar a pressão que se exige (clube, adeptos e crítica) a quem é contratado por 120 milhões de euros, porque não se espera de alguém que custe tanto dinheiro, e que supostamente irá substituir um jogador como Griezmann, seja, somente, um craque em formação, a precisar de tempo, paciência e tolerância para continuar os erros próprios da sua inexperiência na elite das elites do futebol.
Não tenho dúvidas em afirmar que João Félix precisava de ter tudo espaço e tempo para continuar a crescer e para ganhar uma personalidade competitiva que ainda está em formação.
No entanto, percebo as razões de uma sofreguidão que leva a esta aposta no imediato. É difícil, admito, não ceder à tentação milionária. Porém, suspeito que o preço que João Félix ainda irá pagar, também não seja barato."

Vítor Serpa, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!