Últimas indefectivações

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

A luta do título será só a dois

"Sábado próximo, no Dragão, encontro marcado com as duas melhores equipas do campeonato português. Será, ou não, o jogo do título, mas será, certamente, um dos clássicos menos previsíveis de sempre.
Neste momento, poucas dúvidas existirão de que o título desta época será, afinal, uma luta a dois. FC Porto e Benfica ganharam já suficiente distância, depois de uma jornada em que o SC Braga perdeu em casa, com o Belenenses, e o Sporting não conseguiu melhor do que um pálido 0-0, no Funchal, ficando a três pontos dos minhotos, a dez(!) do Benfica e a onze (!) do FC Porto.
O jogo do Dragão surge, assim, como uma autêntica cimeira de líderes. Apesar de não ser matematicamente decisivo, pode ser considerado mais importante para o Benfica. Uma derrota colocaria o FC Porto com uma vantagem de conforto, salvaguardando, mesmo, qualquer desaire. Porém, na actual fase, manifestamente crescente, do futebol do Benfica, com a equipa e com os adeptos tão visivelmente empolgados, um eventual empate e, sobretudo, uma hipotética vitória poderia tornar esta equipa de Bruno Lage verdadeiramente imparável.
Ontem, na Luz, o ambiente escaldou e derreteu um Chaves que tentou ser o mais gelado possível. Mais uma exibição poderosa do futebol ofensivo do Benfica, que chega ao impressionante número de 64 golos marcados em 23 jogos, o que dá uma média invulgar de quase 2,8 golos por jogo. Mas invulgar é, também, a média de golos sofridos por parte do FC Porto: cerca de meio golo por jogo, o que torna este clássico particularmente fascinante.
Sábado, o país vai parar para ver."

Vítor Serpa, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!