Últimas indefectivações

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Objectivamente (tudo na mesma)

"Começou mais um Campeonato de vergonha. Nada mudou. Tudo o que vem acontecendo de benefício ao habitual vencedor de taças e campeonatos aí está em todo o seu esplendor! Em Setúbal, quando se adivinhava um final diferente do habitual, eis que Capela alterou tudo a favor dos portistas em poucos minutos. Penálti inexistente (não venham confirmar a opinião dos cobardolas dos ex-árbitros que sempre defendem a classe), golo e expulsão do guarda-redes sadino. A partir daí foi a auto-estrada do costume, sem portagens nem trânsito... No penálti, Jackson caíu a um ligeiro toque. Falta nenhuma.
Quando muito amarelo ao avançado por simulação. Na expulsão do guarda-redes Kieszek, pergunta-se se não foi Josué que o empurrou e provocou acabando os dois por se envolverem em agressões? Porquê só um expulso? Porque é sempre assim. O FC Porto tem de ganhar e pronto! É porque sim! Mas o caso do jogo é outro bem mais grave e fora das quatro linhas.
O delegado da Liga, Luís Baptista Rodrigues, que se encontrava no camarote presidencial - com a ausência notada de Fernando Oliveira que preferiu o banco de suplentes - acusou de agressão um dos elementos do FC Porto repetindo para quem o quisesse ouvir que lhe tinham batido. Os jornalistas presentes confirmaram estas declarações de Baptista mas no final do jogo quando foram saber pormenores das agressões o Delegado da Liga negou a agressão:
«Não. Não foi nada»! Ponto final.
Parágrafo; digo eu. E segue a música. Nada muda. Tudo na mesma.
Medo de denúncias por parte de quem tem a responsabilidade de zelar pela segurança de todos e pela seriedade da Liga.

Nota: Tudo começou quando o árbitro Capela expulsou o guarda-redes do Vitória e após um penálti que os adeptos do Setúbal muito contestaram virando-se para o camarote onde estava Pinto da Costa. Gritaria dentro do camarote. Chamada a Polícia e seguranças privados do FCP. Discussão entre Polícias públicos e privados bem acesa. Foi isto e deu em... nada!"

João Diogo, in O Benfica 

2 comentários:

  1. Para ganhar é preciso ter condições.
    Sabiam que o Benfica nos últimos 5 anos já perdeu 22 pontos diretamente por um último golo sofrido de penalti ou a golo sofrido após ter ficado em inferioridade numérica. Há e tal, os penalti e expulsões fazem parte do jogo,... mas o F. C. Porto não perdeu nem um único ponto diretamente por um ultimo golo sofrido de penalti ou após uma expulsão nos últimos 150 jogos!!!! (5 épocas inteiras, sem nenhuma decisão arbitral desfavorável que provoque diretamente perda de pontos, deve ser record mundial)

    Se querem saber quantos penaltis e expulsões o Pedro Proença já marcou a favor ao Porto ou Benfica e a sua influência na alteração da pontuação final, consultem o resumo de arbitragens por clubes nos últimos 5 anos no blog:
    http://influenciaarbitral.blogspot.pt

    o critério utilizado neste blog para determinar de uma forma objetiva a influência das decisões arbitrais relevantes (penalti ou expulsão) na repartição final dos pontos, classificou-se todos os pontos acrescentados diretamente por um último golo de penalti ou após uma expulsão, como pontos acrescentados com influência arbitral.
    Nos últimos 5 anos o Porto já beneficiou de 12 decisões arbitrais favoráveis nos 13 jogos arbitrados pelo Pedro Proença, aproveitando para melhorar o seu desempenho desportivo em 7 pontos acrescentados através de um último golo de penalti ou após uma expulsão do adversário. Pelo contrário nos 11 jogos do Benfica que o Pedro Proença arbitrou nas últimas 5 épocas, em consequência de penaltis e expulsões contra o Benfica acabou por sofrer golos que o obrigaram diminuir o seu rendimento desportivo em (-3) pontos. Aliás com o Pedro Proença, o Benfica só tem 39% de aproveitamento dos pontos em disputa nesses 11 jogos, quando em média nos últimos 150 jogos arbitrados por todos os árbitros teve um aproveitamento de 76,4% dos pontos em disputa.

    http://influenciaarbitral.blogspot.pt/search/label/Resumo%20de%20arbitragens%20por%20clube%20%285%20%C3%A9pocas%29

    ResponderEliminar
  2. E A CABEÇA...E A CABEÇA...?
    CONTINUA A INCHAR...CONTINUA A INCHAR...

    ResponderEliminar

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!