Últimas indefectivações

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O nosso Rei

"Cumpriu-se esta quarta-feira mais um aniversário do nascimento do melhor jogador português de todos os tempos.

Eusébio da Silva Ferreira marcou o Futebol nacional, marcou o futebol europeu, e ficou na história como a referência máxima do Benfica e do Benfiquismo.

Não é fácil descrever, em palavras, aquilo que Eusébio representou, e representa, para o nosso Clube. A sua influência histórica só é comparável à de Pelé, no Santos ou à de Di Stefano, no Real Madrid. E mesmo para quem, como eu, já não tenha chegado a tempo de o ver jogar, a estatística, por si só, é arrebatadora.

Quando ele aterrou em Lisboa, o Benfica tinha dez títulos nacionais no seu palmarés, enquanto o Sporting contava outros dez, o FC Porto cinco, e o Belenenses um. Quando partiu para uma reforma americana, deixou-nos com vinte títulos, tantos quantos todos os restantes clubes juntos. Isto sem falar nas quatro finais da Taça dos Campeões Europeus que disputou (uma delas ganha ao Real Madrid, com dois golos seus), ou nas Botas de Ouro e Bolas de Ouro com que prestigiou o Clube e o Futebol português.

Também na Selecção Nacional Eusébio foi Rei. A melhor classificação portuguesa de sempre num Campeonato do Mundo deve-se, em larguíssima medida, ao Pantera Negra. Uma cintilante presença no Inglaterra-66 catapultou o seu nome para a dimensão universal que mantém intacta até hoje. Até à eternidade.

Além de excepcional Ser Humano. Congregou simpatias no Mundo inteiro, e não há adversário que não fale respeitosamente do seu desportivismo, e de uma diplomacia que nunca tolheu a ambição de vencer que manifestava em campo. Foi essa humildade que tornou ainda maior do que o seu já enorme talento.

Uma saúde debilitada não tem deixado em paz nestes últimos tempos, preocupando todos aqueles que o estimam e admiram. Mas Eusébio está aí, e o seu exemplo continua a inspirar a nossa equipa. Lá para Maio, esperamos vê-lo a festejar mais um título nacional ao nosso lado."


Luís Fialho, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!