Últimas indefectivações

domingo, 12 de agosto de 2012

Mais (ou menos) que um clube

"Há uns anos já largos, na véspera de um Benfica-Sporting que foi, curiosamente, disputado a 25 de Abril, entrevistei dois capitães, cada um de seu clube. Vasco Lourenço sempre se assumiu sportinguista; Vítor Alves, entretanto falecido, era adepto do Benfica. Cabe dizer, pelo caminho, que se tratam de dois homens de coragem e aparente verticalidade, passíveis de serem objecto da nossa admiração e consideração por tudo quanto fizeram ao serviço do País.
A dado passo da nossa longa conversa, a pergunta veio à baila: de que Clube é o Otelo? Estratega do 25 de Abril, Otelo Saraiva de Carvalho tratou de desbaratar a estima dos portugueses ao ter-se envolvido ( e sido condenado em tribunal) com a organização terrorista FP-25 responsável pelo assassinato de 17 pessoas nos anos-80. Por isso cá vos deixo a pergunta: tendo em vista os factos descritos, de que clube é o Otelo?
Permitam-me que deixe aqui mais algumas perguntinhas de algibeira. O presidente de uma entidade reguladora da Comunicação Social distraiu-se e deixou muito convenientemente cair uma deliberação, para debaixo da secretária, supõe-se, uma frase que seria assassina para um ministro, tornando a deliberação absolutamente inócua. Com uma carreira fortemente marcada pelo servilismo perante os poderes, não é de estranhar. E também tem clube. Qual será?
Uma antiga juíza do Tribunal Constitucional, agora avorada a figura da nação, por dez anos de trabalho ganhou direito a 7 mil euros/mês de reforma. Como o seu novo cargo só lhe garantia pouco mais de 5 mil, optou pela reforma, à qual somou mais de 2 mil euros/mês de ajudas de custo. patrocina generosamente a indivíduos envolvidos em casos de corrupção. De que clube é a senhora?
Entretenham-se com estas questões, que para a semana trarei mais..."

Afonso de Melo, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!