Últimas indefectivações

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A evidência dos números

"Há sempre números que dizem mais do que as palavras, embora as palavras sejam insubstituíveis quando se trata de definir estratégias e de expor ideias. Falemos então de números. O Benfica, com 102,5 milhões de euros de receita na última época temporada, está à beira de entrar para o clube dos 15 mais ricos do mundo, o qual é liderado pelo Real Madrid, logo seguido pelo Barcelona e pelo Manchester United. O Benfica encontra-se em 21.º lugar, com um encaixe de receitas notável para o contexto nacional.
Significam estes números que o Benfica tem gerido bem a sua actividade e sobretudo conseguido mobilizar público para os estádios, o que corresponde sempre a uma parcela relevante das receitas obtidas. Este ano, com uma dinâmica de vitória cada vez mais consolidada e com a presença promissora na recta final da Liga dos Campeões, tudo leva a crer que esta tendência para o crescimento se mantenha e se acentue.
O Benfica consegue estar de boa saúde quando a regra, em tempo de vacas magras, não é essa, com tendência, aliás, para se degradar.
Consultando os números em que assenta esta lista milionária, verificamos o peso dos principais campeonatos europeus, podendo extrair-se dessa leitura a seguinte ilação: apesar da profunda crise estrutural que afecta a Europa, este continua a ser o grande continente do futebol enquanto desporto-espectáculo-indústria, com uma cobertura mediática que o globaliza e transforma, neste domínio, em permanente referência mundial. O saldo apresentado pelo Benfica representa um aumento de quase quatro por cento em relação ao valor alcançado na temporada anterior. Para tanto terão contribuído, para além da presença na Liga dos Campeões, a forte e mobilizada massa de apoio com a qual o Clube conta e que é claramente pluri-etária, já que nas bancadas se encontram pessoas de todas as idades, com idêntico grau de entusiasmo. É bom sinal, porque, quando o Benfica está bem, Portugal consegue ficar melhor."

José Jorge Letria, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!