Últimas indefectivações

domingo, 11 de dezembro de 2011

Nunca é bom perder, mas...

"1. Perdemos com o Marítimo com um golo (quase) impossível, com outro (muito) consentido e com numerosas oportunidades desperdiçadas. Embora também com alguma sobranceria (ou menor empenho...) na segunda parte. Quebrou-se uma longa série de jogos sem perder (algum dia haveria de ser...) e ficámos fora da Taça de Portugal, o que também não é agradável. No entanto, se analisarmos todos os jogos oficiais desde início da época e até ao Natal, este seria, sem dúvida, aquele que todos escolheríamos, a ter que optar por uma derrota. A competição é a menos importante das três em que estávamos empenhados, não perdemos pontos em nenhuma das outras e teremos alguma folga num ritmo de jogos 'impossível'. Mas fica o 'aviso' para o jogo da Liga...

2. Soube-se há dias: Falcao só rendeu ao FC Porto 20 milhões de euros. O clube já havia pago 6,5 milhões pela renovação do contrato que o jogador não viria a cumprir e mais 3,7 milhões em comissões pela transferência. Quanto o Danilo, que chegará em Janeiro, custou quase 18 milhões, dos quais quase 5 milhões (mais concretamente 4,8) em encargos relacionados com a transferência, entre os quais comissões. Também se soube há dias que o clube deve vários meses de ordenados aos seus jogadores das modalidades (andebol, basquetebol, hóquei, já que não tem futsal). Enfim, não deixa de ser curioso...

3. Felizmente, o Sporting parece ter arrepiado caminho, depois de tão tristes declarações de responsáveis seus, antes e depois do jogo da Luz e do incêndio que alguns dos seus adeptos atearam na bancada do nosso Estádio. O Benfica fez um pormenorizado comunicado respondendo às infelizes declarações do vice-presidente do Sporting, colocando os pontos nos is nomeadamente no que toca aos lugares reservados aos adeptos; as alegadas atitudes do nosso Presidente junto ao balneário visitante não devem ter sido tão graves assim, já que não houve nem posterior reclamação nem divulgação da alegada gravação, enfim, tudo ficou (felizmente, repito) calmo, a bem de uma sã convivência entre as direcções dos dois clubes.

4. Deve ser um fenómeno. Não há semana em que não haja um clube de topo nele interessado. Só na semana passada, por exemplo, na terça-feira era o Tottenham; na quarta, o Barcelona. João Pereira, defesa-direito do Sporting, é bom jogador, reconheço. Mas não sabia que era um fenómeno. Assim ao jeito de Beto que, quando jogava, não passava um defeso sem que o Real Madrid não estivesse muito interessado nos seus serviços. Por acaso, nunca calhou transferir-se..."


Arons de Carvalho, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!