Últimas indefectivações

sexta-feira, 30 de março de 2018

Em plena Páscoa, tal como Pilatos...

"O fim de semana pascal de 2018 marca o arranque da fase decisiva da Liga portuguesa de futebol. A partir de agora são sete jornadas non stop, onde se jogarão as ambições desportivas e financeiras de clubes cada vez mais dependentes do curto prazo. Daí a escalada verbal a que se tem assistido, com epicentro, pela virulência o destempero, no presidente do Sporting, que não raras vezes até está certo no que diz mas vê a razão que pode assistir-lhe diluída num discurso fundamentalista, ofensivo, incendiário e perigoso.
Perante este cenário, mais próprio de países onde o futebol não é, como deveria ser, apenas a coisa mais importante das coisas menos importantes, torna-se evidente que viver a festa da ida ao estádio passa a ser utopia. Aquilo a que se assiste é um confronto tribal impróprio de uma sociedade que se diz, noutras áreas, civilizada e moderna. E é aqui chegados que nos perguntamos qual tem sido, neste particular, o papel do Estado, que deve proteger os cidadãos? Para não ser mais contundente, talvez uma imagem que se aproxime ao que a tutela do desporto no Governo tem feito é a do papel... vegetal. O ministro raramente fala sobre estes assuntos e o secretário de Estado vai alinhavando, aqui e ali, um conjunto de banalidades que, pela época que atravessamos, nos faz recordar a frase atribuída a Pôncio Pilatos: «Lavo daí as minhas mãos».
Sem nada a esperar do bom senso de alguns dirigentes e ainda menos da coragem política do Governo, resta fazer votos para que os adeptos adoptem a frase de Pinheiro de Azevedo, «O povo é sereno». O pior é se um dia destes não é «Só fumaça»."

José Manuel Delgado, in A Bola

PS: Em vez de passar as culpas para o Governo, não seria mais útil, a Comunicação Social recordar as suas responsabilidades no Estado de Direito?!!!
Será que o Trump Americano, só por ter sido eleito, deixou de ser alvo de crítica agressiva, por parte da Comunicação Social 'civilizada'?!!!
Uma das jornalistas da CNN, Cristiane Amanpour, num separador que está sempre a passar na CNN, tem uma frase que encaixa totalmente no Tugão: «... eu não sou neutra, sou 'verdadeira'»! Enquanto, continuarem a fazer tudo para não serem identificados como 'Benfiquistas', evitando assim 'nomear' os verdadeiros culpados deste lamaçal, não vamos a lado nenhum...!!!

5 comentários:

  1. Uns lavam as mãos como Pilatos ,tudo bem. Mas atenção muito pior é aquele como o judas q vendeu cristo...........ou o Pedro q negou cristo... Temos um saco cheio de gatos é ao abrtir o saco saíram cães rafeiros q até vendem a própria mãe só para ter poder e roubar o erário publico do povo é ao povo

    ResponderEliminar
  2. O jornalistas de hoje não passam de uns trafulhas e batoteiros para se perpetuar no poder nem q se minta em tribunal ou se faca da justiça uma rodilha de interesses e trafulhices

    ResponderEliminar
  3. Num país de justiça SÉRIA sim de justiça não era preciso pedir justiça pois ao ser cega surda e muda funcionava todos os dias sem cor e sem ser denegrida as suas decisões

    ResponderEliminar
  4. Mas q o outro super pediu emprestado euros ao arguido o outro o ex não pode pedir aos amigos pois é tudo maroscas está travado o caminho da justiça em Portugal

    ResponderEliminar
  5. Quando os ditos justiceiros (procuradores)mais não passam de uns ressabiado q quando eram PGR tudo fizeram para a justiça cair num lamaçal de barro onde hoje a mesma justiça está enterrada até aos cabelos muito por causas e dos seus egos

    ResponderEliminar

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!