Últimas indefectivações

sexta-feira, 19 de junho de 2015

O Timoneiro I

Gloriosos indefectíveis,

Após a tempestade surge a bonança, altura de fazer o meu arrazoado sobre o nosso novo timoneiro para o futebol. Aqui fica pois a primeira parte: 

Quinta-feira, 4 de Junho de 2015: 
O Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD comunica à CMVM a suspensão das negociações tendo em vista a renovação do contrato de trabalho com Jorge Jesus. 

Quinta-feira, 4 de Junho de 2015: 
O nosso presidente, Luís Filipe Vieira no seu discurso aos deputados no habitual jantar anual, fala de gratidão, de carácter e a cima de tudo declara que O Benfica Somos Nós (o que a nós no O Indefectível muito nos orgulha. Uma das nossas bandeiras na boca de nosso presidente!) 

Um nome anunciava-se como acordado para suceder a Jorge Jesus. Esse nome era Rui Vitória. O presidente no seu discurso afirmava que não tinha acordo com ninguém mas que tinha uma ideia clara. Mediante esta declaração apresentei o meu ponto de vista sobre a situação. No meu pensamento algumas ideias:
- Treinador estrangeiro, de preferência da escola alemã.
- Apresentei possíveis nomes e salários.
- Escrevi uma alegoria para motivar discussão.
- Falei dos vectores para o novo ciclo.
- Mostrei o que para mim é um mestre guru na pessoa de Juergen Klopp.
Em todas as intervenções existiu discussão e trocas de argumentos. A democracia a funcionar como deve ser em tudo o que respira e fala Benfica. Assim o é também neste espaço de indefectíveis.

Quinta-feira, 11 de Junho de 2015: 
O Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD comunica à CMVM que chegou a acordo de princípio com Rui Vitória para celebração de um contrato de trabalho desportivo. 

Segunda-feira, 15 de Junho de 2015: 
Rui Vitória é apresentado como novo treinador da equipa principal de futebol do Sport Lisboa e Benfica. 

Como afirmei em comentário, Rui Vitória terá o meu apoio indefectível como não poderia deixar de ser. 
Nas suas declarações tanto Luís Filipe Vieira como Rui Vitória mencionam cada um a seu modo os três vectores. Tal ambição deixa-me feliz. O Benfica com essa ambição renovada e reafirmada está no bom caminho. 
Três anos de contrato significam cometimento de ambas as partes em prole de um projecto que se deseja vencedor. É o peso da estrutura a falar. LFV acredita na estrutura e aposta todas as fichas. Escolhe antes de tudo um homem de sua confiança. 
Rui Vitória irá crescer muito enquanto treinador. Será o rosto do trabalho e da seriedade. O Benfica tem agora à frente dos destinos do futebol uma pessoa comprometida com todas as valências do projecto, uma pessoa em quem os benfiquistas podem confiar. 
A fábrica Benfica torna deste modo visível uma nova valência. O sector de produção de treinadores. Qualidade extra é o que se espera. Que saibamos pois todos juntos fazer esse caminho. 
Rui Vitória ainda não é o mestre guru que eu ambicionava ver no nosso Glorioso mas reune outros predicados que seria difícil encontrar num treinador estrangeiro. Rui Vitória tornar-se mestre guru dentro do nosso Glorioso seria algo fantástico. Esperemos que tal se torne uma realidade. 
Contem connosco para ajudar sempre em tudo o que for necessário. Assim são os indefectíveis.

Pelo Benfica! Sempre!

Redheart <3

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!