Últimas indefectivações

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Os bons investimentos

"Nasceu em Córdoba, na Argentina, tem 21 anos e é um avançado com um futuro brilhante à sua espera. Se não esteve mais vezes em campo isso ficou a dever-se à capacidade concretizadora de Cardozo e Saviola, principais figuras da frente atacante do Sport Lisboa e Benfica do presente. É o homem dos golos decisivos, o suplente que entra e marca, o infalível do ataque benfiquista na actualidade. Tem aquela chama dos destemidos, que fazem pontaria à baliza e vão por ali fora até poder disparar sem receio.
Enfrenta os defesas que lhe saem ao caminho sabendo que o objectivo principal é fazer a bola entrar nas redes contrárias. Sem medo, seguro do que é capaz de fazer. Franco Daniel Jara, com 1,79 de altura e 77 kgs de peso, não é o mais corpulento e poderoso dos avançados que actuam em Portugal, mas desde que começou a ser utilizado na pré-época que mostrou ao que vinha. Exibiu o cartão de visita, apesar dos vinte anos e, mesmo sabendo que o SLB acabara de conquistar o título com pompa e circunstância. É certo que a equipa sofreu alguns golos nos jogos de preparação mas, mais importante, foram os muitos que marcou e com os quais bateu inapelavelmente os adversários. E, nesse pormenor, Jara foi um dos melhores. Na memória recente temos bem cravados os golos que tem marcado pelo Clube, os acrobáticos como o do Bonfim, frente ao Vitória de Setúbal, e os que nos aliviaram, como o apontado frente ao Nacional da Madeira.
Por estas horas, os críticos e os eternamente insatisfeitos devem estar a tragar contrariados todos os disparates que escreveram e disseram sobre Roberto, Nico Gaitán e Franco Jara. Até os profetas da desgraça, que apenas de pessimismo se alimentam, se estão a vergar perante o talento destas três aquisições. Contas feitas, qualquer um deles é um bom investimento. Onde nos levam os maus presságios se o que importa é ganhar? Ganhar como ganhamos agora, depois de ganharmos o Campeonato passado, é que vale realmente a pena."

Ricardo Palacin, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!