Últimas indefectivações

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

O triste caso de Adrien

"A entrada adiada de Adrien Silva na Premier League é um processo que provoca danos na imagem dos clubes envolvidos, mas em que o principal prejudicado é o jogador. O Leicester queria Adrien e acabará por tê-lo. O Sporting queria vender Adrien e acabou por vendê-lo. Adrien queria estar a jogar... e vai ter esperar por Janeiro, com o risco de ter a temporada comprometida por tão longa paragem e em época de Mundial.
Desconhecem-se, por enquanto, os fundamentos que levaram a FIFA a impedir que o antigo médio do Sporting pudesse ser inscrito pelo Leicester. Ao certo, sabe-se apenas que o antigo capitão dos leões irá estar os próximos quatro meses sem competir e isso já é suficientemente penalizador para a carreira de um jogador que, aos 28 anos, entendeu que este era o momento para a grande mudança.
O negócio entre clubes foi consumado, só que o comprador está impedido de inscrever o reforço porque, alegadamente, o TMS (Transfer Matching System) acusou um atraso na chegada da documentação – para além do pedido de extensão. O Leicester informa agora que está "a trabalhar com o jogador e com o Sporting" para poder ultrapassar o problema, mas sem fornecer detalhes. Caso esta última tentativa também não dê frutos, há alguém que deve um pedido de desculpas a Adrien."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!