Últimas indefectivações

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Miss Piggy - Parte II

"(...)
Muitas pessoas me telefonaram a interpelar quem era afinal a Miss Piggy.
É evidente que não vou poder dizer peremptoriamente quem é a Miss Piggy. Sobre esta matéria existe uma piada muito interessante.
Antigamente, podíamos dizer mal de tudo, excepto do presidente do Conselho e afins. Hoje, podemos dizer mal do presidente do Conselho (República) e afins, mas não podemos dizer mal de mais ninguém!
O Estado Português passa a vida a ser condenado no Tribunal Europeu. A coisa funciona desta forma. Os tribunais portugueses condenam as pessoas por difamação, ofensa ao bom-nome, honra e mais um enxurrado de coisas idênticas. Ora, quem tem de pagar é o que violou esses pretensos direitos. Mas este recorre até ao Tribunal Europeu, aí ganha, e o Estado é condenado a pagar ao 'condenado' a verba que ele pagou ao queixoso, ou seja, quem paga são os contribuintes. Mas isto tem alguma lógica!
É que a Miss Piggy (que por acaso na minha rábula é um homem) passa a vida a ameaçar com isto e aquilo, e os processos que mete por pretensa violação do bom-nome, honra e mais umas botas, afinal, quem os vai pagar no fim são os contribuintes.
No final, o tal tipo que se fez de ofendido recebe o guito, fica rico, e quem paga são os contribuintes!

Mas vivemos onde?"


Pragal Colaço, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!