Últimas indefectivações

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

A 'silly season' fora de época

"Um campeonato equilibrado pode tornar mais improváveis resultados muito desnivelados. Mas não é suficiente para evitar que o Manchester City aplique 6-0 ao Chelsea, que a Fiorentina despache a Roma com 7-1 ou que, em 2010, um confronto entre dois antigos, campeões europeus tenha terminado com PSV, 10 - Feyenoord, 0. Num campeonato desequilibrado, como o nosso, os resultados desnivelados são muito mais frequentes, e assim continuará até que a centralização dos direitos televisivos racionalize a distribuição do dinheiro e faça diminuir o fosso entre pobres e ricos.
Depois dos 10-0 do Benfica ao Nacional, foram ditos muitos disparates, uns por oportunismo, muitos por ignorância, outros ainda por má-fé. Na Liga portuguesa, onde o número de golos marcados é relevante para os desempates, marcar muitos golos pode, até, significar o título de campeão. Desrespeitar o adversário é não dar o melhor em busca do resultado mais expressivo; faltar ao respeito ao adversário é trocar a bola e ficar à espera dos olés do público. Quem não percebe isto, não percebe o desporto (na cultura do râguebi é ofensa grave não dar o litro até ao apito final, independentemente do placard...) e apenas contribuiu para um ruído que tem sido persistente e não dá sinais de vir a ser atenuado até ao final da época.
Querem falar de coisas sérias, mas incómodas? Debatam a centralização, distribuam melhor o dinheiro, exijam que os clubes tenham infraestruturas decentes , coloquem o futebol em horários próprios para as famílias, não especulem com o preço dos bilhetes e garantam, finalmente, que os hooligans são erradicados dos estádios.."

José Manuel Delgado, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!