Últimas indefectivações

terça-feira, 30 de junho de 2015

O Santo António, o São João e o São Pedro em Benfica

"Há pouco tempo inaugurada, a nova sede do Benfica foi também palco de animadas festas dos Santos Populares.

Estávamos em Junho de 1917, mês dos Santos Populares e, apesar das dificuldades provocadas pela I Guerra Mundial, organizavam-se um pouco por toda a Lisboa várias festas e arraiais. Em Benfica não foi excepção. Uma comissão de Sócios do Benfica decidiu organizar um programa de festas dos Santos Populares que incluía várias iniciativas desportivas e recreativas. Iniciou-se, desta forma, um período de grande animação que levou muitas pessoas aos terrenos da nova sede na Avenida Gomes Pereira,, inaugurada há poucos meses, que oferecia excelentes condições para um mês em grande festa.
Houve animação em todos os fins de semanas de Junho e foram muitas as pessoas que se deslocaram nestes dias para passar uma belas horas de agradáveis divertimentos. Foi no recinto de patinagem, à época o maior do País, que decorreram os tradicionais arraiais dos Santos Populares, sempre abrilhantados por uma banda de música. A ladear todo o rinque foram colocadas barracas de quermesse e venda, onde gentis senhoras e meninas vendiam rifas, manjericos, cravos, doces e os tradicionais amendoins e pevides.
Sendo um clube que já mostrava grande ecletismo, não poderiam faltar as iniciativas desportivas. Organizaram-se desafios de Futebol e de Hóquei em Patins, uma modalidade que estava a dar os seus primeiros passos, conquistando cada vez mais adeptos. Realizaram-se, também, sessões de patinagem e de tiro à bala e um torneio de ténis.
Na véspera de S. João organizou-se uma animado baile de gala no magnífico salão de festas, que se prolongou até manhã, tal foi o entusiasmo.
Coroadas de êxito e bastante elogiadas na imprensa da época, as festas encerraram no dia de S. Pedro no mesmo ambiente de entusiasmo que começaram, com um leilão de quermesse, um concerto musical e com a representação da comédia A Voz do Sangue pelo grupo dramático do Clube no salão-teatro.
Poderá conhecer um pouco mais sobre esta sede e outros espaços do Clube na área 17. Chão Sagrado do Museu Benfica - Cosme Damião."

Ana Filipa Simões, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!