Últimas indefectivações

sábado, 5 de abril de 2014

Conquistadores!

"TABRIZ - Ao longo dos últimos 25 anos, o treinador português foi ganhando fora de portas, com a conquista de evidentes sucessos, que têm ajudado a que cada vez mais o técnico nacional seja requisitado para diferentes partes do Globo. Queria aqui separar os que têm feito a sua carreira na Europa, à frente de equipas e selecções de primeira linha do futebol como o nosso grande Mourinho, Artur Jorge, Queiroz, Fernando Santos ou Jesualdo por exemplo, e outros que têm andado por futebóis e países, apesar de emergentes, ainda de menor dimensão futebolística, digamos assim.
O leque é vasto. Uma quase interminável lista de treinadores que foram tendo mais ou menos sucesso como Manuel José à frente do Al Ahli, no Egipto (exemplo de enorme glória!...), Manuel Cajuda ou Jaime Pacheco com as suas passagens pela China - com uma emotiva e intensa despedida do Jaime dos adeptos locais, que deixa marcas... - Calisto ou Vietname, Nelo Vingada na Coreia do Sul, Pedroto em Angola, Neca, que já treinou em todos os continentes, José Couceiro, que também andou por Lituânia, Turquia e Rússia, Acácio Casimiro em Marrocos e Kuwait, José Rachão igualmente no Kuwait, José Peseiro nos Emirados Árabes Unidos, José Dinis em Angola, António Caldas também em Angola, Rui Capela no Bangladesh... e as minhas desculpas por não me lembrar de todos.
Ao partirmos para estas aventuras e para estes desafios, todos nós nos confrontamos com diferentes culturas, religiões, costumes, línguas, que nos levam a preparar-nos para uma identificação com os países e com os clubes para onde vamos. São intensas experiências de vida que nos enriquecem e deixam marcas na forma como nos envolvemos, sem falsas modéstias, nesses desafios, com competência, dedicação e profissionalismo. Muitos de nós carregam a experiência como antigos jogadores, e todos como treinadores procuramos ajudar os atletas a ser melhores cada dia que passa.  Todos estas são, ainda, extraordinárias oportunidades de construir novas amizades e a riqueza de novas relações. Imaginem quantas histórias de vida não teremos todos para contar..."

Toni, A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!