Últimas indefectivações

quinta-feira, 13 de março de 2014

Poupanças

" «O último treino dá ideia definitiva de como alguns jogadores estão depois do jogo de domingo com o Estoril, a partir daí vou ajuizar aqueles jogadores (...) que ainda não recuperaram totalmente.»
Jorge Jesus, treinador do Benfica, ontem, antes do jogo com o Tottenham

Já se sabe, a prioridade do Benfica é o campeonato. Jorge Jesus não se cansa de o dizer e reforçou-o ontem, em Londres, antes da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa. Mas no ano passado também era.
Na recta final de 2012/2013, talvez porque as vitórias consecutivas na Liga se acumulavam, fazendo adivinhar facilidades, Jesus foi poupando cada vez menos na Europa - mas com o Bordéus, na primeira mão dos oitavos de final, deu descanso a Maxi, Matic, Enzo, Salvio e Lima, apresentando Roderick como médio defensivo.
O treinador das águias já admitiu que este será o melhor plantel (com mais opções) desde que chegou à Luz, não necessariamente a melhor equipa, ou o melhor onze. Ou seja, será aquele em que a substituição de um habitual titular menos se fará notar.
Tomando Maxi, que não foi convocado para o jogo de hoje, como exemplo: há um ano, não tendo jogado qualquer das partidas contra o Bordéus (André Almeida e Melgarejo foram os laterais), poder-se-ia falar em poupanças para a Liga. Este ano tenho dúvidas: creio que, depois do jogo com o Estoril, e nem que o Benfica só jogasse daqui por um mês, Sílvio seria sempre melhor opção, nem que fosse por estar mais fresco.
Uma coisa é poupar a pensar no futuro. Outra é mudar a pensar no presente, em quem está melhor. Com a quantidade de soluções que este Benfica tem, mesmo ganhando na segunda-feira ao Nacional, mesmo que Sporting e FC Porto empatem e fiquem os dois praticamente fora da corrida para o título, a melhor equipa para a segunda mão contra o Tottenham não é necessariamente a que tem jogado sempre. E isso não é poupar, é escolher os melhores caso a caso."

Hugo Vasconcelos, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!