Últimas indefectivações

sábado, 21 de setembro de 2019

Preocupante

"Mau grado o já esquecido percalço da 3.ª jornada, o Benfica está bem no Campeonato.
Mantém-se nos lugares da frente, mais jornada, menos jornada ultrapassará o actual líder, Famalicão, e, se tudo correr dentro da normalidade, tarde ou cedo também se verá livre da companhia do FC Porto, isolando-se rumo ao sexto título em sete anos. Se tudo corre dentro da normalidade, digo. É que nas duas últimas jornadas houve factores externos a condicionarem resultados e a empurrarem o nosso principal adversário para vitórias que poderia muito bem não ter obtido.
Contra o Vitória de Guimarães, uma expulsão anedótica deixou os vimaranenses reduzidos a dez logo nos primeiros segundos de jogo. Carlos Xistra exibiu, o vermelho, e António Nobre, a dormir a sesta na Cidade do Futebol, confirmou a expulsão em lance que - sendo a própria falta duvidosa - no máximo poderia valer um cartão amarelo.
No último domingo foi Rui Costa a ver um penálti-fantasma, que o VAR Vasco Santos (olha quem!) sancionou, e que abriu o marcador para os dragões. Depois, já a noite ia longa, jogou-se até que desfizessem o empate que, entretanto, tinham permitido. Parece estar a repetir-se a história da época passada, quando o FC Porto foi levado ao colo durante dois terços do Campeonato, lutando artificialmente por um título do qual futebolísticamente ficou muito longe. Mas já sabemos o que a casa gasta: quando jogam bem (como aconteceu na 3.ª jornada), ganham, mas quando jogam mal, há sempre uma mão amiga a impedir que percam pontos. Por muito que pretendam inverter a realidade, com VAR ou sem VAR, é assim há mais de 30 anos."

Luís Fialho, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!