Últimas indefectivações

sábado, 22 de junho de 2019

A maior delícia

"Quando parte dos benfiquistas está triste por ver sair Félix, os adversários aprofundaram o azedume, a angústia e o desespero

Alguns representantes dos nossos rivais em programas televisivos são a nossa maior delícia em períodos de menor densidade desportiva. Incrédulos com a venda de um promissor jogador de 19 anos por 120 milhões de euros, incapazes de reconhecer o mérito do Benfica, desataram a criar realidades alternativas para nelas poderem habitar.
Depois de afirmarem, semanas a fio, a impossibilidade de tal acontecer, viram-se esmagados pela realidade e, em vez de festejarem o facto de já não ser do Benfica aquele que lhe marcava golos e os afastava dos títulos, optam pelo negacionismo próprio de cognitivos deslizantes em situação de pré-coma.
Uma delicia. Quando parte dos adeptos benfiquistas estão tristes por verem sair um talento prodigioso, mesmo que por valores astronómicos, os nossos adversários aprofundam o azedume, a angústia e o desespero apenas par aumentarem o nosso deleite.
O FC Porto até fez um encaixe maior com a nossa venda de João Félix, que, com a saída de Brahimi e Herrera, constitui uma ajuda para as difíceis contratações pedidas por Sérgio Conceição à SAD azul e branca.
João Félix foi vendido por 120 milhões, o Benfica fez um fantástico negócio, o Atlético de Madrid tem tudo para também ter feito uma contratação muito interessante, mas tenho dúvidas se João Félix fez a melhor opção. Espero e desejo que a sua qualidade possa superar todas as adversidades. A nossa situação desportiva, económica e financeira é agira uma obrigação acrescida face aos rivais no lançamento da nova época. As nossas contratações devem ser poucas e de elevada qualidade.
O último fim de semana foi desportivamente agradável para o Benfica. Os juvenis de futebol sagraram-se bicampeões nacionais a duas jornadas do fim. Se é certo que na formação o mais importante é crescer, no Benfica o mais importante é ganhar.
O futsal reconquistou o título de campeão nacional de forma inteiramente justa, frente a um Sporting de qualidade, numa final decidida na 'negra' pelos detalhes, pela vontade e pela alma e qualidade duma equipa que foi a melhor em toda a época regular. Juntar o campeonato nacional à Taça da Liga faz desta uma óptima época para o futsal do Benfica. Este ano demos com um poste no azar do último ano. Ganhar é bom, ganhar assim é fantástico."

Sílvio Cervan, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!