Últimas indefectivações

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Casillas, Ederson e Rui Patrício

"A contratação de Casillas, 35 anos, por parte do FC Porto foi e continua a ser um luxo difícil de compreender, sobretudo na actual conjuntura financeira do clube, por mais que nos possamos sentir tentados a evitar a dureza das palavras quando falamos de um dos melhores guarda-redes da história, com currículo invejável. A verdade nua e crua é que o espanhol está longe de ser o que já foi, não faz a diferença. Exceptuando uma outra exibição arrebatadora (como a da Luz na época passada), as defesas que Casillas faz estão ao alcance de qualquer guarda-redes de qualidade média e salário bem mais baixo, sem falar no acumular de erros, alguns incríveis. Pode argumentar-se que esta época está bem melhor, mas isso, perdoem-me, é o reflexo da segurança defensiva da equipa, que deixa o seu keeper pouco exposto. Pode ainda invocar-se a visibilidade internacional que dá ao FC Porto e as camisolas que vende, mas mais uma vez perdoem-me, só dá visibilidade quando dá frangos, e adeptos com a camisola de um guarda-redes vestida é coisa que não se vê por aí.
Ao invés, o Benfica tem na sua baliza um guarda-redes completo, moderno, de top, na senda de Jan Oblak. O brasileiro Ederson Moraes, 23 anos, faz a diferença e tem tudo para ser um dos melhores na sua posição (já o é, de longe, em Portugal). Não é preciso ser bruxo para perceber que não vai ficar muito tempo na Luz, pelo que o Benfica (que actualmente também tem um luxo incompreensível no banco, Júlio César) precisa de preparar já a sucessão.
Há, depois, Rui Patrício, 28 anos, que muitos teimam olhar como um dos melhores da Europa. É um bom guarda-redes, não está em causa, capaz de grandes defesas e exibições, ganhou consistência nos últimos anos, mas não é um guarda-redes de top, bem na carruagem seguinte. É por isso que, provavelmente, vai passar toda a carreira no Sporting, o que não deixa de ser uma boa notícia para o clube de Alvalade."

Gonçalo Guimarães, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!