Últimas indefectivações

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Cadomblé do Vata (Touro...!!!)

"Quando Jorge Jesus deixou a Nação Benfiquista, emigrando para o Terceiro Mundo competitivo do outro lado da 2ª Circular e compôs e orquestrou aquela ária chorosa dos vouchers, cresceu em mim um absurdo sentimento de "quero tanto ganhar este campeonato, que não me importo de ficar 11 anos à espera de vencer novamente". Claro que estando Vitória do lado dos bons e Jesus do lado dos maus, facilmente se atingiu tal desiderato e se acompanhou o repasto com o do ano seguinte. O desejo ardente de vencer não foi singular e na temporada transacta surgiu-me novamente ali por volta do Carnaval, obtendo por conseguinte, novo final feliz, que se espera vir a fazer parelha em Maio de 2020.
Antes de podermos ter hipótese de festejar em Maio de 2020, temos no sábado a recepção ao FC Porto na Catedral do Futebol Mundial. E mal grado o pouco tempo que tenho tido para pensar no jogo, a verdade é que gostava mesmo de passar o domingo com um sorriso na face. Gostava tanto, que arrisco dizer "quero tanto ganhar o próximo clássico, que não me importo de ficar 11 clássicos seguidos sem vencer novamente". As razões para tamanho desejo, empilham-se como Mega Blocks de Lego na minha sala de estar.
Vencendo no sábado somamos 3 vitórias seguidas sobre o rival Duriense. Nunca vi tal acontecer e deve ser lindo de ver. Alcançando o apito final com mais golos facturados do que sofridos, deixamos os azuis e brancos a 6 pontos com apenas 3 jornadas decorridas. Repito, nunca vi tal acontecer e deve ser bonito de ver. Se esfrangalharmos o FCPorto juntamos-nos ao Krasnodar e Gil Vicente na lista de desaires em apenas 1 mês de competição. Se já alguma vez vi acontecer, não me recordo. Mas deve ser engraçado de ver.
Tal como na primeira aparição de tamanha vontade de vencer em troca de derrotas sucessivas, também este projecto se afigura como um Evereste para acontecer. Nenhuma equipa no Mundo tem tanta capacidade de vingar orgulho ferido como os rapazes dos pijamas às riscas das Antas e este é um dado de muita importância numa equipa que baseia todo o seu jogo na evoluída "Táctica do Touro"... muita força física e marra no vermelho."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!