Últimas indefectivações

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Há finais de tarde assim (perfeitos)

"O que fica depois de uma goleada por 10-0

Se tivesse sido sonhado, dificilmente o final de tarde que o Benfica viveu este domingo poderia ser mais perfeito. Pareceu tudo pedido por encomenda.
Antes de mais, claro, uma goleada por 10-0, uma coisa que não se via em Portugal há 55 anos e que tornou o Benfica notícia em todo o mundo. Domingos Soares Oliveira ainda deve estar a esfregar as mãos de satisfação com a exposição que isso significou para a marca.
Mas houve mais.
Houve por exemplo um golo logo aos 35 segundos, houve um golo de Ferro na estreia a titular, houve dois golos de Jonas no regresso à competição mais de um mês depois da lesão, houve o lançamento de Florentino Luís, mais um jovem da formação, na primeira equipa.
Houve dois golos de Seferovic, ele que está cada vez mais metido na luta pelo prémio de melhor marcador, e houve uma exibição assombrosa de Pizzi, que fez um golo e três assistências.
Entretanto o Benfica ganhou mais dois pontos ao FC Porto, está a bater à porta da liderança e reactivou em definitivo a onda encarnada, coberta de entusiasmo, ambição e adeptos felizes.
Não é difícil imaginar, de resto, que entre os adeptos felizes poucos conseguirão igualar o sorriso de Luís Filipe Vieira. O presidente viu o Benfica recuperar seis pontos para o líder FC Porto depois de ter lançado um treinador da formação, que apostou ainda mais na formação.
A goleada foi, aliás, alcançada com quatro jovens saídos do Seixal no onze e três deles a fazer golos. 
Pelo caminho, e para tudo isto ser notável, os adeptos prestaram a maior ovação da noite à estreia de Florentino Luís. Sinal que a mensagem de que o futuro do Benfica está no Seixal passou bem e é cada vez mais defendida pelos próprios adeptos. Há finais de tarde assim, portanto. Perfeitos."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!