Últimas indefectivações

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Objectivo: ganhar o campeonato

"Absolutamente notável o título da A BOLA, na última segunda-feira, sobre o jogo do Bessa: Vitória sintética resume e explica detalhadamente tudo o que se passou na deslocação do Benfica ao histórico Estádio do Bessa. Benfica, FC Porto e Sporting conseguiram três pontos, mas não há nenhum clube que deva ter ficado tranquilo com a prestação das suas equipas. Ainda assim, o Benfica tem atenuante de um piso muito invulgar e difícil. Rúben Amorim não se esquecerá dessa deslocação. Jogar no Bessa  não será fácil e foi importante não se perder pontos. Melhor teria sido não se perder um jogador tão influente como Rúben Amorim. Mal caiu logo se temeu pela gravidade do lance.
Domingo, num jogo de prognóstico impossível, desejo e espero um Benfica no seu limite à procura dos três pontos, embora admita um Sporting ainda mais pressionado. Nani, que ainda não mostrou não ser o Quaresma do Sporting, irá tentar fazê-lo na Luz.
Vai ser um campeonato mais longo e difícil. Nenhum dos três grandes está com capacidade de arrasar toda a concorrência. O campeão será encontrado na soma de pequenos detalhes. Nesta conjuntura desportiva e até financeira as aspirações europeias são quase nulas na Liga dos Campeões e reduzidas na Liga Europa.
Analisando o sorteio da Liga dos Campeões, é tão forte o grupo do Benfica que fica ainda mais nítido o objectivo de ser campeão nacional. É muito difícil assumir esta realidade, mas no meu íntimo não tenho dúvidas: vencer o campeonato é o verdadeiro objectivo. O sorteio de qualificação tão impossível na Liga dos Campeões pode até ser uma vantagem para o Benfica.
Importante, por agora, é o Sporting, e depois será o V. Setúbal. Ser campeão de Portugal é o maior objectivo europeu que se pode ter.
Dia 31 de Agosto e o papão do fecho de mercado estão aí."

Sílvio Cervan, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!