Últimas indefectivações

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Encarnado é o Vermelho-amor

"1. Ainda há poucos dias fechou o período de contratações, já os nossos periódicos nacionais voltaram à carga com a venda de Enzo Pérez. Estou certo de que um dia poderão acertar, se o Sport Lisboa e Benfica decidir vendê-lo. Nesse momento, os méritos não poderão atribuir-se às fontes desses jornais, mas à lei da probabilidade, pois se, dia sim dia não, noticiarem que o jogador sairá, um dia poderá dar-se o caso.
Por estas e por outras, pensarão os mais desatentos que Enzo Pérez terá qualquer coisa de pombo-correio, porque já foi vendido dezenas de vezes e acaba por voltar sempre a casa.

2. Foi notícia esta semana que Luisão renovará com o Benfica até 2017. Que grande notícia! O capitão do Benfica representa a maturidade, a estabilidade e a qualidade que um grande plantel deverá ter. Os grandes jogadores já não acabam a carreira aos trinta anos e Luisão fará do privilégio de poder jogar até muito tarde uma segurança para o próprio Benfica. Em campo, sabe-se, é uma extensão de Jesus, no balneário, uma voz de respeito, um líder, um agregador. Em suma, o acto de gestão desportiva arguto.

3. Por último, foi também apregoada a notícia de que Luís Filipe Vieira não fará alianças com nenhum clube, referindo-se, na minha leitura, a suposta aliança com o FCP, na Liga de Clubes. Ora, este é uma não notícia. Não se armem agora outros em paladinos da verdade desportiva, quando foi a LFV e o Benfica que lutaram arreigadamente a favor desta na última década.
Seria impensável que nos esquecêssemos de com quem estamos a lidar, mas também seria displicente não defender os interesses do Benfica, estar presente e vigilante. A nossa hegemonia futebolística falará mais do que os nossos medos no final do Campeonato!"

Carlos Campaniço, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!