Últimas indefectivações

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Uma ostensiva indiferença

"Manchester - A ostensiva indiferença com que os jornalistas ingleses receberam o Benfica tornou-se num agressivo sinal de espírito superioridade. Todos os jornalistas ingleses acreditam tanto na vitória do United - especialmente os jornalistas de Manchester - que na chegada do Benfica não havia um único fotógrafo ou um único repórter inglês. Para eles, o Benfica não é notícia, porque é o clube suposta e inevitavelmente perdedor. Nem mesmo na conferência de imprensa de Jorge Jesus houve o mais pequeno interesse. Apenas um jornalista, tão mudo quando enfastiado, se incomodou a fazer, enfim, uma pergunta, porque Jorge Jesus dissera que não considerava a liga inglesa como uma das melhores do mundo. «Porquê?» - quis saber, quase ofendido, o jornalista. Jesus comprou a guerra e disse que, para ele, a liga espanhola, alemã e italiana eram melhores e que por isso é que na tentativa de melhorar a liga inglesa vêm tantos treinadores e jogadores estrangeiros.

O olhar do jornalista fulminou o técnico e nem mais uma pergunta inglesa se ouviu em toda a conferência de imprensa.

Dizem alguns que por cá vivem que essa é uma maneira do United começar a ganhar os jogos. Tentar demonstrar como o adversário é insignificante e, por isso, incapaz de poder fazer outra coisa que não seja conformar-se com o podre destino dos derrotados.

A questão é saber se Jorge Jesus será capaz de convencer a sua equipa a fazer engolir a soberba britânica e surpreender, de uma vez, a Inglaterra e o mundo. Não se pode dizer, pelo menos, que o projecto não seja aliciante..."


Vítor Serpa, in A Bola

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!