Últimas indefectivações

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Exige-se competência

"O nosso país entrou neste ano desportivo futebolístico com cinco representantes nas competições europeias. Três teriam sempre acesso directo às fases finais, uma na Liga dos Campeões - Benfica - uma na Liga Europa - Sporting - e outra em uma das duas - FC Porto.
Exceptuando o desaire do FC Porto frente ao Krasnodar na Liga dos Campeões, que atirou os dragões para a fase de grupos da Liga Europa, este ano tem-se visto que as restantes equipas portuguesas que aspiram à fase de grupos da segunda competição de clubes mais importante da Europa têm sido competentes nessa luta por um lugar.
Primeiro, o Vitória SC, que iniciou a sua caminhada com os luxemburgueses do Jeuness Esch, venceu com relativa facilidade, com um agregado de 5x0 e eliminou a seguir os letões do Ventspils de forma ainda mais expressiva (9x0). Nesta última fase antes da fase de grupos, a equipa de Ivo Vieira defrontou o "histórico" romeno Steaua Bucareste, que embora não seja bem o Steaua, a certeza é que o FCSB (história parecida à do "nosso" Belenenses...) está a defender as cores do Campeão Europeu de 1986. Depois do empate na Roménia, o Vitória carimbou a passagem à fase de grupos da Liga Europa ontem à noite vencendo pela margem mínima. Já o SC Braga disputou menos uma eliminatória que os vimaranenses, por força do quarto lugar obtido na liga e despachou os dinamarqueses do Brondby com duas vitórias, 2x4 e 3x1. Ontem à noite confirmou a passagem à fase de grupos com uma vitoria por 1x2 na sempre difícil deslocação ao terreno do Spartak Moscovo, depois de há 8 dias ter vencido os russos em Braga por 1x0.
Assim, SC Braga e Vitória SC juntam-se a Sporting e FC Porto na fase de grupos da Liga Europa. 
Penso que será esta a primeira vez que Portugal tem todos os representantes nas fase de grupos das competições europeias e isso, por si só, deve-nos orgulhar de o nosso país estar a desenvolver equipas competitivas na Europa do futebol. Este facto vai ajudar, com certeza, a recuperar um lugar no ranking UEFA, fazendo com que o nosso país obtenha mais um lugar na Liga dos Campeões e na Liga Europa na temporada 2021/22.
Obviamente que tudo isto tem um custo com quatro equipas na Liga Europa. Algo que tem sido bastante criticado nos últimos anos são os jogos à segunda feira e o que é certo é que isso vai acabar por acontecer esta temporada. A Liga terá de ter um papel proactivo neste assunto e ser sensível a adiamentos de jogos, terá que gerir muito bem toda esta situação, a bem destas equipas para não serem prejudicadas nas competições nacionais e europeias.
Analisando os sorteios e começando pelo campeão nacional, o Benfica terá um grupo extremamente equilibrado. Apesar de ter saído em sorte a equipa do pote 1 teoricamente mais fraca, o Zenit, a verdade é que Lyon e Leipzig não são "pêras doces" e podem muito bem dar dores de cabeça a Bruno Lage e companhia.
Na Liga Europa, o Sporting é claramente favorito, a par do PSV, para passar à fase seguinte, embora Rosenborg e principalmente o LASK Linz possam ter uma palavra a dizer. O Vitória SC terá uma tarefa hercúlea ao defrontar Arsenal, Eintracht Frankfurt e Standard Liège. Não será fácil aos comandados de Ivo Vieira a passagem aos 16 avos de final. O FC Porto é o claro favorito do grupo, mas terá três ossos duros de roer. Dois históricos, Feyenoord e Rangers e o bicampeão suíço Young Boys. Por fim, o SC Braga terá aspirações a passar à fase seguinte. É claramente superior ao Slovan Bratislava, apanha um Besiktas em claras dificuldades financeiras e desportivas e uma equipa que poderá chegar muito longe nesta competição, o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo.
O que se pede a todos estes representantes portugueses é que sejam competitivos e competentes. Obrigatoriamente, Benfica, FC Porto e Sporting devem passar à fase seguinte, esperando que Braga e Vitória o façam também."

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!