Últimas indefectivações

sábado, 27 de janeiro de 2018

Rainhas do Drama

"Primeiro era porque o SL Benfica tinha vendido jogadores importantes e esta época não ia render nada. E ganhámos a Supertaça. Depois foi porque a equipa estava cansada e os outros é que eram espectaculares. E esqueceram-se de que somos Tetracampeões.
A seguir, vieram as eliminações das taças internas e das provas europeias e os adversários saltaram de contentes porque o Glorioso estava afastado de tudo. Antes do jogo com eterno terceiro classificado do campeonato português, vieram as acusações de que o Benfica não tinha fio de jogo, nem treinador com capacidade para dar a volta ao atraso na classificação do campeonato. E veio um baile da bola. E mais três seguidos: Moreirense, Braga e Chaves. Notas artísticas, elogios públicos, tudo sem espinhas, como dizem os comentadores que interessam: nós, o povo. Agora é a lesão de Krovinovic. E lá vem a esquizofrenia colectiva dizer que, a um ponto do segundo e a dois do primeiro, estamos arrumados. Mas será que dá para paragem com a histeria? A história - recente e antiga - do Sport Lisboa e Benfica é da superação. Já ficou mais do que provado que os nomes pouco interessam, porque há sempre alguém que surge a substituir e a marcar a diferença. Sim, o miúdo Krovinovic é craque e tem feito um excelente trabalho no meio-campo da equipa. E então? A única coisa que podemos fazer é dar-lhe força e ajudar a cumprir o seu desejo de nos encontrarmos no Marquês. Temos banco, temos vontade, temos mentalidade, temos tudo para chegar ao Penta. Deixem-se de dramas e de invenções, por favor. Mais respeito pelo plantel.
E um abraço Krovinovic, põe-te bom depressa porque fazes falta ao futebol e ao clube. Tu e todos os outros que vestem a nossa camisola."

Ricardo Santos, in O Benfica

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!