Últimas indefectivações

terça-feira, 20 de abril de 2021

Juntos somos milhões!


"É o que somos, nós os benfiquistas. É essa a força que temos sempre que nos juntamos pelas causas justas e pelo sonho dum Benfica Glorioso e Solidário.
Respiramos desporto, sentimos como ninguém a veia da competição, celebramos a vitória com humildade e sofremos na derrota com a certeza de aprender e emergir mais fortes.
Há algo que nos une na glória, como na adversidade. Uma pertença que ecoa por milhões de pessoas como um sentimento único que nos convoca a todos a mobilizar o melhor de nós para servir, conquistar, ir mais além.
São os nossos Valores! É a nossa Mística!
Nascida há mais de um século, quando se juntaram vontades e se construiu um sonho imenso num Portugal pequeno e profundo. Nesses dias, um Benfica que une, congrega e faz vibrar, irrompeu como um bálsamo, uma força positiva do melhor de nós a apontar para o futuro. Faltava a bola e foi com uma simples coleta que se iniciou a caminhada gloriosa do Benfica que todos conhecemos.
Desde cedo, sempre a crescer, sempre a levantar bem alto a chama imensa da força benfiquista. Sempre a vibrar pela vitória e sempre a olhar pelos que mais precisam e sofrem até que, há doze anos, criámos uma Fundação para exercer a solidariedade benfiquista.
Desde então apoiámos efetivamente mais de 200 000 pessoas, envolvidas nos projetos e ações deste Benfica Social, estivemos sempre na linha da frente em Portugal e no mundo, a fazer em nome de todos nós, sabendo que onde a Fundação faz, são os milhões de benfiquistas que estendem uma mão amiga aos que a merecem e dela precisam.
Essa força da união dos benfiquistas, que todos os anos se renova na contribuição generosa de parte do seu IRS, levou-nos pelas zonas de maior pobreza das nossas cidades como aos lugares mais remotos de um Portugal que, demasiadas vezes, ainda sofre. Também nos levou pelo mundo, sobretudo onde se fala português e se respira Benfica, das missões de São Tomé, à erupção trágica do vulcão da Ilha do Fogo em Cabo Verde, ou a alimentar mais de 25 000 vítimas do ciclone Idaí no dilacerado país irmão de Moçambique, berço de glórias imortais como Coluna ou Eusébio. Levou-nos ainda pelos terramotos do Haiti e do Nepal, ou mais proximamente às vítimas de tempestades na Madeira, dos gigantescos incêndios de 2017, de explosões mortíferas que ceifaram famílias inteiras a projetos de combate à pobreza infantil e abandono escolar, apoio alimentar a idosos isolados de todo o país e tanto, tanto mais, que infelizmente ainda é preciso fazer e continuar a fazer.
Num tempo em que a COVID nos pôs duramente à prova a todos, o Benfica mostrou uma vez mais quem é e como são os benfiquistas quando se juntam.
Agarrou em dinheiro vivo e ajudou generosamente o SNS com um milhão e duzentos mil euros em materiais de proteção, ventiladores e apoios a 3000 idosos, a 450 pessoas sem-abrigo, a refugiados, e outras ações. Isto em pleno início da pandemia, com o país assustado e apreensivo face às incertezas do futuro, com as ruas vazias de gente, os estádios silenciados, as farmácias vazias de álcool e os hospitais a lutar por meios essenciais de proteção e assistência.
Tudo isto fizemos com humildade e sentido de missão. Mas não é da Fundação a obra, e sim dos benfiquistas, que são o Benfica, que a fundaram e acarinham bem no coração da chama imensa que anima e engrandece o nosso Benfica.
Esta é, na verdade, uma história extraordinária e exemplar de como todos unidos em torno de um sonho comum podemos atingir tudo, mas também de como, todos unidos a contribuir para uma obra social, podemos ajudar.
Por isso, olhemos para estas lições da história benfiquista e, de mãos dadas e sonhos unidos, continuemos a apoiar quem necessita.
Como? Através do simples ato de consignar 0,5% do IRS de cada um, inscrevendo 509259740 no IRS e ajudando, sem custos, a Fundação Benfica. Porque juntos somos milhões!"

Sem comentários:

Publicar um comentário

A opinião de um glorioso indefectível é sempre muito bem vinda.
Junte a sua voz à nossa. Pelo Benfica! Sempre!